Rio das Ostras sai na frente e implanta nas escolas projeto de Educação no Trânsito

O objetivo é formar agentes multiplicadores de informação, para reduzir a violência no trânsito

Reduzir o número de acidentes no trânsito é um desafio constante do poder público. Em Rio das Ostras, as secretarias de Segurança Pública e de Educação estão unidas para educar nossas crianças e jovens, buscando um trânsito de paz. A Prefeitura está promovendo as palestras informativas nas escolas e saiu na frente de outras cidades, já implantando o Projeto de Educação no Trânsito na rede municipal de ensino. Nessa linha, o Município promoveu a Semana do Trânsito, que se encerrou nesta quinta, 26, em evento na Câmara Municipal.

No encerramento foram apresentados dados importantes sobre a violência no trânsito no Brasil. Só em 2012 foram notificados 60.752 vítimas fatais, sendo que 41% dessas mortes envolvem jovens entre 18 e 35 anos de idade. Como comparação, esses índices superam as mortes ocorridas durante os 16 anos da Guerra do Vietnã, e representam duas vezes a quantidade de vítimas do acidente da boate Kiss, por semana.

A cerimônia contou com a presença do prefeito Sabino, do Secretário de Segurança Pública Paulo Cesar Viana, da coordenadora de Educação para o Trânsito da Secretaria de Educação, Fernanda Rezende e demais autoridades.

A Semana do Trânsito incluiu palestras educativas, distribuição de material informativo e atividades lúdicas de conscientização dos alunos. O objetivo da Prefeitura foi mostrar à população a importância de seguir o Código de Trânsito Brasileiro, para reduzir o número de acidentes e mortes.

O prefeito ressaltou o trabalho que a Guarda Municipal vem realizando junto os estudantes. “Hoje, vemos crianças mais conscientes e atentas em relação ao trânsito. Estou percebendo essa mudança de comportamento durante os encontros com os estudantes no gabinete,” destacou.

O Coordenador de Trânsito da Guarda Municipal, Paulo Cesar Rodrigues, destacou que mudanças simples de hábitos, como atravessar a rua na faixa de pedestres, usar o cinto de segurança e o capacete podem fazer a diferença entre a vida e a morte.

EVENTO – De forma lúdica, os alunos fizeram apresentações teatrais mostrando que o uso do cinto de segurança, o respeito aos limites de velocidade e a direção sem uso de bebida alcoólica podem contribuir para reduzir acidentes.  Grupos de dança, do projeto Sementes de Cantagalo, também fizeram uma apresentação focando a violência no trânsito.

Este ano, a Secretaria de Educação abraçou a causa e implantou nas escolas da rede o Projeto “Educação para o Trânsito”, que reforça o trabalho que já vinha sendo desenvolvido, desde 2002, pela Guarda Municipal. A Guarda sempre realiza palestras educativas e feiras nas unidades de ensino.

A Guarda Municipal em parceria com o Detran, Polícia Militar e a 128ª  Delegacia da Polícia  Civil, apreendeu só este ano 484 veículos, sendo que 151 já foram liberados após providenciarem a regularização dos documentos dos automóveis, destacou o Guarda e Diretor do Departamento de Infração do Trânsito, Gilliard Silveira. Ele lembra que a política do município não é multar, mas conscientizar, para reduzir estes índices assustadores.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.