Rio das Ostras realiza oficina de reaproveitamento de sobras para famílias de Rocha Leão

Dona-de-casa participam do Projeto Horta Orgânica familiar

Transformar as sobras de alimentos, que iriam para o lixo, em pratos saborosos e fazer larvicida natural. Foi para aprender essas técnicas que as donas-de-casa de Rocha Leão, em Rio das Ostras, atendidas pelo projeto piloto Horta Orgânica Familiar participaram da Oficina de Reaproveitamento das Sobras, realizada na última quinta-feira, dia 25, no núcleo da Secretaria de Bem-Estar Social da localidade.

"Aqui elas plantam, aprendem a fazer a compostagem orgânica para adubar a terra, o larvicida natural e a aproveitar as sobras. Nada é desperdiçado", explicou Leandro de Lima, técnico agrícola da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, que ministra as oficinas.

 Zenilda de Andrade Chagas afirmou que vai aplicar o que aprendeu em casa "Farei com certeza. Hoje eu já tenho no meu quintal alface, couve, cebolinha, mostarda, beterraba, dentre outros. É saúde e economia para a família", frisou.

A intenção dos organizadores é expandir o projeto da Horta Orgânica Familiar, uma parceria entre as Secretarias de Me Meio Ambiente Agricultura e Pesca e a de Bem Estar Social, para demais localidades do município. "Esse é o projeto piloto, queremos levá-los a mais famílias. A horta, além de ser uma garantia de produto saudável e barato à mesa, proporciona interação entre as pessoas",explicou Márcia Almeida, secretária de Bem Estar Social.

Todas as famílias atendidas possuem sua horta em casa. "Mesmo quem não possui terreno para plantar, tem a opção de possuir a horta suspensa, onde as hortaliças, verduras e legumes podem ser plantadas até em garrafas pet sem perder a qualidade", afirmou Leandro de Lima.

 

FONTE: SECOM – PMRO. 

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.