Rio das Ostras promove XXVIII Fórum Municipal de Planejamento e Orçamento

A Prefeitura de Rio das Ostras promoveu na última sexta, 30, o XXVIII Fórum Municipal de Planejamento e Orçamento para demonstração e avaliação de cumprimento das metas fiscais dos primeiros quatro meses do exercício 2014. Cerca de 50 pessoas acompanharam a audiência pública, que teve a apresentação dos secretários de Fazenda, João Batista Esteves Gonçalves, e de Saúde, Ana Cristina Guerrieri.

O encontro seguiu o princípio da transparência na gestão pública municipal em cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal. De acordo com o secretário, o investimento de cerca de 60% da arrecadação do Município em Educação e Saúde, incluindo Saneamento Básico, superam as metas constitucionais, o que demonstra o compromisso da atual gestão com as áreas.
No ano de 2013 foram investidos mais de 314 milhões em Saúde, incluindo saneamento, e Educação. Neste primeiro quadrimestre, os investimentos já superam 117 milhões e a expectativa é que, até o final do exercício 2014, o Município ultrapasse 350 milhões os investimentos em nessas duas áreas.
As informações apresentadas durante o Fórum foram baseadas no Relatório Resumido da Execução Orçamentária publicado no órgão Oficial do Município de Rio das Ostras, edição 689, de 30 de maio a 5 de junho, especificando receitas e despesas dos quatro primeiros meses deste ano. João Batista destaca o aumento de 36% das receitas tributárias em relação ao mesmo período de 2013, o que minimizou o impacto negativo provocado pelo atraso dos repasses de receitas dos royalties da União para o Município.
O atraso dos repasses também teve um reflexo no resultado, que demonstra maior independência em relação aos royalties. Em 2013, o valor de repasse ficou próximo a 50% da receita total. Já no primeiro quadrimestre significou cerca de 38% do total. “Não é o melhor dos mundos, visto que esta redução se deu principalmente pelo atraso nos repasses provocados Agência Nacional do Petróleo – ANP. O ideal seria que aumentássemos mais do que os 36% das receitas tributárias com incentivo a inclusão do petróleo e atração de grandes contribuintes de impostos tais como IR e ICMS, IPI e etc.”, explica o secretário.
No resultado, a Administração Municipal apresentou um resultado orçamentário positivo, o que demonstra o equilíbrio das contas públicas e a preocupação em manter a execução das despesas no mesmo nível a arrecadação, sempre atendendo aos princípios da Lei de Responsabilidade Fiscal. O relatório completo será disponibilizado à população no site http://www.riodasostras.rj.gov.br.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.