Rio das Ostras participa de prêmio nacional de educação para o trânsito

Concorrem à premiação ações voltadas para crianças e adultos

Dois projetos desenvolvidos pela Secretaria de Guarda e Trânsito da Prefeitura de Rio das Ostras estão concorrendo ao VII Prêmio Denatran de Educação no Trânsito, promovido pelo Departamento Nacional de Trânsito. Os projetos Limites para Viver e Ostrinha no Trânsito são ações educativas voltadas para adultos e crianças.

O Limites para Viver concorre nas categorias Projeto de Educação para o Trânsito (subcategoria Órgãos e/ou Entidades do Sistema Nacional de Trânsito) e Obra Técnica (subcategoria Autores de Dissertações). A peça foi escrita pela GM Maria Regina, que também é coordenadora do projeto.

Outra concorrente é a história "Capacetinho Vermelho", do grupo de Contadores de História da Escola Municipal Ary Gomes de Marins, que foi escrita pela professora Lilia Rodrigues. A iniciativa é uma das atividades do Projeto Ostrinha no Trânsito e concorre na categoria Educador e Projeto de Educação para o Trânsito (subcategoria Órgãos e/ou Entidades do Sistema Nacional de Trânsito).

A iniciativa premia os três melhores trabalhos em cada categoria nas instâncias municipal, estadual e nacional. A divulgação dos resultados no nível municipal será no dia 15 de outubro e a premiação será de 17 a 31 de novembro, em Brasília.

PREVENÇÃO DE ACIDENTES – O Limites para Viver foi criado para conscientizar a população sobre a importância da prevenção de acidentes no trânsito. O espetáculo tem caráter educativo e fala sobre a importância do respeito às leis nas vias públicas e de não misturar álcool e direção. A peça foi escrita e é dirigida e encenada por guardas municipais, que também são os responsáveis pelo cenário e a iluminação do espetáculo.

O Ostrinha no Trânsito é realizado em todas as escolas municipais e atende cerca de 17 mil alunos, que têm o trânsito trabalhado como um tema transversal. Neste ano, além das palestras e vivências nos circuitos de trânsito, cada escola criou um projeto próprio de educação para o trânsito, que é desenvolvido com o apoio da Guarda Municipal.

FONTE: SECOM – PMRO. 

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.