Rio das Ostras: educação básica está entre as três melhores do Estado do RJ

Escola Municipal Ary Gomes ficou entre as 20 primeiras unidades de ensino no ranking fluminense do Ideb

No Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) divulgado pelo MEC, Rio
das Ostras ficou em terceiro lugar no Estado do Rio de Janeiro. O resultado é
a soma das médias dos anos iniciais (4ª série) e finais (8ª série), nos quais
o município conquistou a terceira e a quarta melhores notas, respectivamente.
A Escola Municipal Ary Gomes de Marins, em Costazul, ficou entre as 20
unidades fluminenses de ensino com melhor desempenho e teve seu nome divulgado
nos principais jornais do Estado.
       Segundo a secretária de Educação de Rio das Ostras, Maria Lina Paixão, a
cidade aumentou a média no Ideb em 28,15% nos anos iniciais e 5,4% nos anos
finais, em relação a 2005, devido ao empenho da administração municipal.
“Criamos vários projetos, a começar pelo Plano Municipal de Educação, mas são
os profissionais do ensino, das merendeiras aos diretores das escolas, os
principais responsáveis por esse bom resultado”, afirma.
       Entre as ações implementadas pela prefeitura, estão as avaliações sistêmicas
dos estudantes e das escolas, cursos de qualificação para os profissionais do
setor, realizados na Casa da Educação, atuação do orientador pedagógico em
cada  unidade de ensino, criação do grupo de supervisores educacionais e
iniciativas voltadas para correção da distorção idade / série (Tecnologia e a
Afeto) e monitoria de informática, incluindo o Pró-Interação, para alunos
bolsitas.

       Escola modelo – Entre os bons resultados alcançados pela cidade está a
classificação da Escola Municipal Ary Gomes de Marins entre as 20 melhores no
estado, com média 6,2 nos anos iniciais e 5,4 nos anos finais. Na lista das
melhores constam tradicionais instituições como o Colégio Pedro II, o Colégio
de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro e o Colégio Militar do
Rio de Janeiro.
       “Fazemos um diagnóstico freqüente de todas as turmas, traçando metas a partir
dos resultados. Ao mesmo tempo, investimos na formação de alunos leitores, com
a sala de leitura, hora de conto semanal, grupo de contadores de histórias,
entre outras iniciativas. O apoio da Secretaria e da Casa da Educação foram
fundamentais para alcançarmos essas notas no Ideb”, afirma a diretora do Ary
Gomes, Andréa Machado Marmelo.
       Todas as escolas municipais de Rio das Ostras ficaram acima da meta
estabelecida pelo MEC. Uma das escolas com maior crescimento em níveis
percentuais foi o Ciep Municipalizado Mestre Marçal com 57,14% (4ª série) e
25,8% (8ª série).

       Bons resultados – Em dois anos, a média dos anos iniciais em Rio das Ostras
passou de 4,2 para 5,1, ultrapassando a meta prevista pelo MEC para a cidade
em 2011, que era de 5,0. Já nos anos finais, a média foi de 4 para 4,3, se
aproximando da meta 2011, de 4,4.
       O cálculo do Ideb combina o desempenho dos alunos dos sistemas estaduais e
municipais na Prova Brasil com dados do Sistema de Avaliação da Educação
Básica (Saeb), provas aplicadas a cada dois anos. A Prova Brasil é um teste de
leitura e matemática para turmas de 4ª e 8ª séries do ensino fundamental (ou
5º e 9º anos no novo sistema de ensino).FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.