Rio das Ostras cadastra 175 artesãos no Programa do Artesanato Brasileiro

Rio das Ostras cadastra 175 artesãos no Programa do Artesanato Brasileiro

Cadastro continuará na Secretaria de Turismo e Fundação de Cultura

A ação de cadastramento realizada nesta semana pelo Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro cadastrou 175 artesãos de Rio das Ostras no Programa do Governo Federal. A iniciativa foi uma parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fundação de Cultura e Governo do Estado.

Uma equipe da Secretaria de Estado de Turismo ficou por três dias na Cidade para fazer o cadastro e o recadastramento dos artesãos. Além de levar toda documentação, os artistas tiveram que apresentar produto finalizado e uma peça inacabada, para ser finalizada no local para avaliação.

“A equipe do Estado ficou impressionada com a qualidade do trabalho dos nossos artesãos e deixou servidores municipais treinados para que o cadastramento seja feito de forma continuado no Município”, contou a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Aurora Siqueira.

O trabalho continua em Rio das Ostras. Quem ainda não fez o cadastramento ou precisa se recadastrar, poderá comparecer a Secretaria de Turismo (Praça Prefeito Cláudio Ribeiro s/nº – Extensão do Bosque) às terças e quintas-feiras, das 9h às 12h, ou na Fundação de Cultura sempre às quartas-feiras, das 9h às 12h.

O cadastro é gratuito e o artesão deve comparecer com uma foto 3X4 recente, cópias do comprovante de residência, Carteira de Identidade, CPF, PIS/PASEP ou a última contribuição do INSS (caso tenha). Lembrado que é preciso apresentar um produto finalizado e uma peça inacabada, que deverá ser finalizada no local para avaliação.

Os artesãos cadastrados receberão a Carteira Nacional do Artesão, que reconhece a atividade como profissão, e também terão direito a participar das feiras e eventos realizados pelo Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), divulgação do trabalho, ações de qualificação e acesso a microcréditos especiais, destinados aos artesãos.

“O artesanato é a identidade da Cidade. É a lembrança afetiva que o visitante leva para casa. Por isso estamos sempre apoiando os artesãos de Rio das Ostras”, finalizou Aurora.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.