Rio das Ostras avança na instalação do Núcleo Integrado de Atendimento à Mulher

Rio das Ostras avança na instalação do Núcleo Integrado de Atendimento à Mulher

Ação amplia e qualifica atendimento a mulheres vítimas de violência

Rio das Ostras está estabelecendo, com a Polícia Civil, um Termo de Colaboração para a instalação do Núcleo Integrado de Atendimento à Mulher – Niam, com previsão para funcionar a partir de janeiro de 2023. Na tarde desta sexta, dia 18, foi realizada uma capacitação para profissionais que atuam no atendimento a mulheres vítimas de violência no Município, como parte das ações de implantação do novo Núcleo.

Além da capacitação, o evento, que aconteceu nas dependências da Igreja Dignus Est, também apresentou à sociedade o papel da Administração Municipal na construção do Núcleo, que vai funcionar na 128a Delegacia de Polícia Civil.  A gestão e execução ficam sob responsabilidade da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.

Participarão ativamente do Núcleo as secretarias municipais de Assistência Social, Saúde e Segurança Pública. Fica a cargo da Prefeitura, ao lado da Policia Civil, a cessão de profissionais, materiais, infraestrutura e insumos.

Com a instalação do Niam o atendimento será mais humanizado  e qualificado.

“Hoje é um dia importante para todas e todos que formam a Rede de Proteção à Mulher de Rio das Ostras. É um marco que vai ampliar os serviços e o relacionamento entre a Administração Municipal e a Polícia Civil”, disse Rosimara Valadares, subsecretária de Assistência Social.

Estiveram presentes ao evento a delegada Carla Tavares, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de São Gonçalo ; Ronaldo Cavalcante, delegado da 128a DP; Roberto Chaves de Almeida,  inspetor da Polícia Civil e coordenador do Programa de Educação complementar, vinculado à Academia Estadual de Polícia Estadual; a médica Jane Blanco, representando a Secretaria Municipal de Saúde; e a inspetora Auristela Araújo, da Patrulha Maria da Penha, por parte da Secretaria Municipal de Segurança Pública.

Participaram também representantes da Rede de Apoio à Mulher de municípios vizinhos, servidores municipais e estaduais; além de policiais e outras autoridades.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.