Proteção Ambiental alerta contra incêndios florestais

O Departamento de Proteção Ambiental (Depa) da Secretaria de Guarda e Trânsito da Prefeitura de Rio das Ostras alerta à população do município sobre a importância de evitar colocar fogo próximo a matas e Áreas de Proteção Ambiental.

O diretor do Depa, Sargento Rangel, disse que nessa época do ano, com a estiagem, o fogo se alastra com facilidade no mato seco. “Às vezes, uma pequena fogueira para queimar lixo pode provocar um incêndio. Por isso, as pessoas precisam tomar cuidado ao colocar fogo próximo às matas, principalmente perto das Áreas de Proteção Ambiental”, disse ele, acrescentando que, além de destruir a mata, o fogo pode provocar a morte dos animais que vivem no local e colocar em risco a vida das pessoas que moram próximo aos locais atingidos.

Na segunda-feira, dia 01 de maio, houve um incêndio, de causa ainda desconhecida, em uma área de dois mil metros quadrados, na Rodovia do Contorno, próximo ao Loteamento Atlântica. O fogo foi combatido por oito homens do Depa, com a utilização de abafadores e bombas costais com água. Por causa do fogo, uma jibóia morreu na mata.

Nesta época do ano, a Secretaria de Guarda e Trânsito recebe pelo menos uma chamada por dia para combater pequenos focos de incêndio em matas. O telefone de emergência da Secretaria é 1532.

O Sargento Rangel lembra que, de acordo com o Artigo 41 da Lei Federal 9605, de 12 de fevereiro de 1998, é crime contra o meio ambiente provocar incêndio em mata ou floresta. A pena é de reclusão, de dois a quatro anos, e multa.

FONTE: SECOM – P MRO. 

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.