Projeto RecuperAÇÃO atua no combate a dengue e alagamentos no município

A mobilização reúne as secretarias de Saúde, Serviços Públicos, Meio Ambiente e Obras e a previsão é que dure 90 dias

Com o objetivo de conscientizar toda a população sobre a importância de manter a cidade limpa, garantindo assim um verão sem Dengue e sem Alagamentos, o prefeito Sabino, determinou a sua equipe de trabalho uma mega ação de RecuperAção, que tem como proposta limpar a rede de bueiros, terrenos baldios, rede de canais , ruas e bairros.
O trabalho começou nas localidades do Âncora, Recreio e Nova Cidade, onde cerca de 150 homens da Secretaria de Saúde atuaram no combate ao focos de dengue. A Subsecretária de Vigilância Sanitária, Andreia Bellei, apresentou um balanço parcial, do primeiro dia de trabalho. Foram 2.858 imóveis, sendo que 1.872 já excepcionados e 1.190 pendentes. A equipe visitou 910 depósitos, desses 86 foram tratados. Foram recolhidas 56 amostras de focos do mosquito aedes aegypti e desse resultado foram constatados 36 casos positivos.
Todas as equipes vão trabalhar nesta primeira etapa da RecuperAção, pelos próximos 90 dias, em todas as localidades do município. A partir de segunda-feira, dia 07, as equipes estarão em Nova Cidade, Liberdade e Cidade Praiana. A população deve procurar os pontos de apoio que estão sendo montados nestes bairros, para buscar mais informações e agendar a retirada de entulhos.
O subsecretário de Obras, Mário Jorge Rebello destacou a importância da população participar desse trabalho de limpeza das ruas e localidades. Ele destacou que é necessário desenvolver uma política de conscientização junto à comunidade, que não deve deixar lixo na frente das casas, pois esse entulho acabará trazendo consequências para eles mesmos, principalmente nesta época de chuvas, onde os bueiros acabam obstruídos por terras e lixo, provocando alagamentos nas ruas.
“Estamos realizando um trabalho de conscientização. O governo não tem por objetivo punir ninguém, mas sim levar informação de que cada um dos cidadãos tem responsabilidade com a conservação das vias públicas. Não adianta só o poder público limpar, e eles sujarem, esse trabalho tem que ser em parceria”, concluiu.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.