Projeto Ostrinha 2011 tem recorde de participantes

Evento leva lazer e cidadania a crianças e jovens no período de férias

A abertura da edição 2011 do Projeto Ostrinha foi realizada na última segunda-feira, dia 10, na Praia do Bosque com a presença de mais de 600 participantes, 100 vagas a mais do que na edição 2010. Estavam presentes o prefeito Carlos Augusto, do vice Wilton Broder, dos secretários de Esporte e Lazer, Carlos Alberto Marins; e de Ordem Pública e Controle Urbano, Sérgio Pinto, além do comandante do 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Macaé, tenente Eric Alves da Silva e do sub-secretário de Esporte e Lazer, Ricardo Fasano. O projeto prevê técnicas de salvamento e de preservação ambiental para os participantes.

Dentre as atividades realizadas no projeto estão aulas de corrente marinha, nas quais os alunos tomam conhecimento sobre a importância de saber a direção, condições do mar e comportamento na areia; aulas sobre valas e valões, conhecimentos marinhos, disciplina ambiental, aulas de natação, abordagem, reboque de afogado, primeiros socorros, grau de afogamento, noções de costões rochosos, salvamentos, recreação, civismo e ordem unida.

Estreando no Projeto este ano, o jovem Claudio Madruga, 7 anos, está com uma expectativa muito grande. “Meu vizinho participa do projeto há dois anos e sempre me contava como era divertido. Só pude me inscrever este ano por causa da idade e tenho certeza de que vai ser bem bacana”, disse.

Para o prefeito Carlos Augusto, o sucesso do Ostrinha se deve ao empenho dos profissionais envolvidos e aos parceiros que ajudam na realização do projeto. “A parceria com os Bombeiros e com o Governo do Estado está permitindo que 600 pessoas participem das atividades este ano. Este é um projeto muito importante porque desperta o companheirismo e civismo em todos os participantes. Como a nossa cidade é a que mais cresce no Estado do Rio de Janeiro, para 2012 tenho certeza de que teremos um número ainda maior de vagas no Ostrinha”, anunciou.

O secretário de Esporte e Lazer, Carlos Alberto Marins, ressaltou o objetivo da iniciativa e agradeceu a confiança dos pais. “A nossa intenção é proporcionar aos participantes, principalmente aos jovens que estão de férias escolares, momentos de educação, lazer e cidadania, com profissionais altamente qualificados. É muito importante saber que os pais e responsáveis acreditam no trabalho que desenvolvemos aqui. Tenham certeza que este período será produtivo para todos”, afirmou o secretário.

De acordo com o secretário de Ordem Pública e Controle Urbano, Sérgio Pinto, o projeto é muito importante porque promove um conhecimento diferenciado aos jovens. “A cada dia de projeto, os participantes aprendem um pouco mais sobre as belezas naturais da cidade, sobre preservação do meio ambiente e atividades a beira mar”, concluiu.

O Projeto vai até o dia 20 de janeiro e, para receber o certificado, o participante tem que ter uma freqüência mínima de 80% das aulas.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.