Programa Atleta na Escola busca talentos em Rio das Ostras

Com o objetivo de descobrir talentos no esporte, diversas escolas do Município de Rio das Ostras aderiram ao Programa Atleta na Escola.

Promovido pelo Ministério da Educação – MEC, a iniciativa visa identificar jovens, entre 12 e 17 anos, com potencial nas modalidades salto em distância e corridas de resistência e velocidade. As escolas participantes recebem verbas do Governo Federal.
O Programa Atleta na Escola faz parte do Projeto Brasil Medalha 2016, que tem como meta colocar o Brasil entre os 10 primeiros países nos Jogos Olímpicos e entre os cinco primeiros nos Jogos Paralímpicos do Rio, em 2016. Para a diretora do Departamento de Esporte na Escola, Juliana Ribeiro, tão importante quanto encontrar talentos, é incentivar a prática de esportes entre os jovens. “Temos alunos com bastante talento. Grande parte deles nunca participou de uma prova de atletismo e estão descobrindo esse prazer”, afirma Juliana.
É o caso dos jovens João Vitor Rodrigues, 14, e Lucas Rodrigues, 13, alunos da Escola Municipal Fazenda da Praia. Ambos nunca haviam corrido em uma pista e obtiveram bons resultados tanto nas provas de velocidade (75 metros), quanto nas de resistência (1000 metros). “Eu corro, jogo futebol, mas nunca participei de uma prova deste tipo. Achei difícil e cansativo, mas foi bem legal e quero voltar a competir”, comemora Lucas, que obteve o índice de 9,32 segundos, na prova de 75 metros, e 3 minutos e 27 segundos, na prova de 1000 metros. Já João Vitor marcou 9,08 segundos na prova de curta distância, e 3 minutos 28 segundos, na de longa, e garante que vai treinar para melhorar o seu tempo.
O programa é dividido em quatro etapas: escolar, municipal, estadual e nacional. Na primeira etapa, que vai até o dia 26 de junho, a disputa é entre alunos da mesma escola. Os três melhores índices obtidos nas baterias classificam-se para a seletiva municipal, que acontece no dia 10 de julho, no Centro de Esportes do Município. Depois dessa etapa os classificados disputam com atletas do Estado e, depois, de todo o País.
Cada escola cadastrada no programa receberá R$ 1.000. Além disso, as escolas receberão R$ 3 por aluno participante. Essa verba será utilizada para o transporte, alimentação e demais despesas dos participantes.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.