Profissionais de saúde recebem qualificação

Profissionais de saúde recebem qualificação para atendimento a mulheres vítimas de violência

Treinamento é aplicado na equipe do Pronto Socorro Municipal
Profissionais do Pronto Socorro Municipal começaram na segunda-feira, dia 9, a
ser capacitados para o atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica.
A sensibilização é promovida pelo Programa de Saúde da Mulher, da Secretaria
de Saúde de Rio das Ostras, e pela Casa da Mulher – Centro de Referência em
Atendimento à Mulher da Secretaria de Bem-Estar Social. O treinamento vai até
domingo, dia 15, e inclui todas as equipes de plantão do PS, abrangendo
médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, recepcionistas e setor
administrativo.
– O objetivo é divulgar para os nossos profissionais a rede de atendimento à
mulher vítima de violência no município, já que a Saúde é uma das principais
portas de entrada dessas mulheres e é importante que esses profissionais
saibam como dar encaminhamento a cada caso – disse a coordenadora do Programa
de Saúde da Mulher, Andrea Viana.
Cada participante recebeu uma cartilha sobre violência de gênero, Lei Maria da
Penha e um manual sobre o tratamento e prevenção de DST e Aids em casos de
violência sexual.
– Desde maio deste ano, foi implantada na rede municipal de saúde a ficha de
notificação compulsória de violência doméstica e sexual, que vai nos ajudar a
ter mais conhecimento dos casos na cidade e também a ter estatísticas mais
precisas – destacou a diretora da Casa da Mulher, Flávia Rangel.
O psicólogo Rodrigo Cinelli foi um dos participantes da primeira turma
treinada nesta semana. Para o servidor, a sensibilização foi importante para
que todos os participantes da rede de atendimento a mulher possam interagir.
– Com isso, o serviço prestado a essas pessoas é melhor e fica mais fácil
estabelecer contatos em todos os pontos da rede de atendimento – disse o
psicólogo.
Os servidores do Hospital Municipal já passaram por esse treinamento e os
próximos a serem capacitados serão os profissionais das unidades básicas de saúde.

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.