Prefeitura lança projeto para fortalecer segurança em apoio às Polícias

Guarda Municipal fará mais rondas 24 horas e terá reforço de viaturas e efetivo nas localidades do município 

Após um planejamento estratégico, a Secretaria de Ordem Pública e Controle Urbano lançou na noite desta quinta-feira, dia 18, o projeto Guarda Comunitária. O objetivo é humanizar o trabalho das bases e reforçar as rondas da Guarda Municipal, disponibilizando um agente para cada trailler da Secretaria e dois fazendo o patrulhamento diariamente, durante 24 horas, em cada localidade do município. A Secretaria adquiriu ainda 10 viaturas, que até o mês que vem começarão a circular em Rio das Ostras.

Durante o lançamento, na sede da Associação de Moradores da Enseada das Gaivotas e Praiamar, o secretário de Ordem Pública e Controle Urbano, Coronel Sérgio Pinto, destacou que o projeto Guarda Comunitária visa também promover a integração com a comunidade. “As pessoas confiam naqueles representantes que conhecem”, frisou.

Na ocasião foram apresentados os 16 guardas municipais que atuarão nas localidades.

Arlete Satler mora há seis anos no Praiamar e está entusiasmada com a novidade. “Acho que a presença diária da Guarda vai proporcionar segurança e fazer com que criemos uma identidade com os profissionais que irão atuar, assim como já criamos com os motoristas que fazem o transporte público”, declarou.

O presidente da Associação de Moradores, Jorge Maia, que é residente na localidade Praiamar há 10 anos, vê como pioneira a iniciativa do Poder Público Municipal. “Nossa expectativa é que a comunidade local se sinta mais segura conhecendo os guardas. Acreditamos ainda que as rondas 24 horas por dia contribuirão para reduzir os pequenos delitos, bem como as tentativas de ocupação irregular”, ressaltou Maia, que também preside o Conselho Comunitário de Segurança Pública de Rio das Ostras.

O projeto Guarda Comunitária visa ainda ampliar as bases em uma parceria com as Associações, utilizando inclusive, as sedes das entidades, se necessário. “A intenção é envolver a sociedade e representá-la, apurando informações, verificando as demandas e dando os devidos encaminhamentos”, declarou o Coronel Pinto, complementando que o papel da Guarda é também ser um agente facilitador da comunicação.

AMPLIAÇÃO DO PROJETO – Na próxima segunda e terça-feira será a vez das localidades de Mar do Norte e Jardim Mariléa, respectivamente, conhecerem as equipes da Guarda Municipal que atuarão nas rondas e nas bases. As reuniões para apresentar o projeto e os guardas municipais aos residentes acontecerá às 18h30, na sede das Associações de Moradores.

De acordo com a inspetora de Controle de Rondas, Genecy Gomes, as localidades contarão com o trabalho de 12 guardas municipais durante 24 horas. Enseada das Gaivotas e Praiamar terão 16 guardas, já que contam com dois traillers fixos da Secretaria de Ordem Pública.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.