Prefeitura intensifica acompanhamento das lagoas

Com as fortes chuvas, extravasamento das lagoas pode acontecer naturalmente

 

A Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca de Rio das Ostras intensificou o acompanhamento periódico do comportamento das lagoas do município. Com as fortes chuvas das últimas semanas, as lagoas de Iriry e Imboassica extravasaram. Esse processo é natural e cabe aos técnicos da Prefeitura acompanhá-lo como forma de estudo desses corpos hídricos. A limpeza nessas áreas também foi intensificada para comodidade de moradores e turistas.

O biólogo Jorge André Antunes realiza vistorias diárias às quatro lagoas do município: Iriry, Salgada, Itapebussus e Imboassica (situada no limite entre Rio das Ostras e Macaé). Com essas vistorias, busca-se prever o estravasamento das lagoas, informar e esclarecer os frequentadores dos locais e comerciantes.

“Essa abertura das barras é comum em lagoas costeiras. Trata-se de um processo natural. Embora haja perdas de organismos, essa abertura contribui para a troca de oxigênio da água da lagoa e também permite que outros organismos sejam incorporados”, explica o biólogo.

Jorge André Antunes destaca que as águas das chuvas contribuem para ampliar a vida desses corpos hídricos, bem como a manutenção das áreas de brejo. “É necessário também preservar as áreas alagadas próximas às lagoas, que servem a seu sustento. Por isso, há critérios para construção em áreas próximas, devido ao impacto no solo do entorno das lagoas”.

Limpeza – Com a abertura da barra das lagoas é comum que as plantas aquáticas se desprendam e se depositem na área das lagoas. Por isso, a Secretaria de Meio Ambiente também intensifica a limpeza nesses locais para evitar incômodo aos banhistas.

FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.