Prefeito Carlos Augusto participa de audiência com governadora em defesa do pólo petroquímico

O prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto, participou na última terça-feira, dia 13 de uma audiência com a governadora Rosinha Matheus para defender a implantação da refinaria petroquímica da Petrobras em Guriri, no município de Campos. 

O encontro, que aconteceu no Palácio Guanabara, no Rio de Janeiro, reuniu os prefeitos que integram a Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (OMPETRO), além de deputados e representantes da sociedade civil, empresarial e comercial das regiões Norte, Noroeste e das Baixadas Litorâneas fluminenses.

– Nossa região tem todas as condições técnicas para abrigar o pólo petroquímico além de estarmos empenhados para resolver as questões que ainda dificultam a instalação do investimento no Norte Fluminense”, enfatizou o prefeito Carlos Augusto, se referindo aos recursos hídricos e a construção de um porto.

Durante a reunião, o presidente da Câmara Municipal de Campos, vereador Alcione Cordeiro, entregou à governadora uma Carta Aberta de Defesa pela Refinaria no Norte Fluminense com o pedido de que Rosinha interceda junto ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para que ele receba os prefeitos dessas regiões para uma audiência.

A governadora se comprometeu em enviar um ofício ao gabinete do presidente em Brasília, além de contatos por e-mail e telefone. Ela também disse que irá procurar lideranças do PT no estado para que elas intercedam a favor da solicitação dos prefeitos.

– Não só vou entrar em contato imediatamente com o gabinete do presidente Lula para viabilizar essa reunião, como também vou procurar o prefeito de Niterói, Godofredo Pinto, e o deputado federal Jorge Bittar, ambos do PT, para que intercedam a favor da refinaria no Norte Fluminense, visto que assim já se posicionaram . – explicou a governadora.

Segundo Rosinha, os estudos técnicos da Petrobras demonstram que a Região Norte Fluminense é a mais preparada para receber a refinaria petroquímica, além de ser responsável pela produção de mais de 80% do petróleo produzido no país. O secretário de Energia, Indústria Naval e Petróleo, Wagner Victer, apesar de destacar que a decisão da implantação do pólo pretroquímico é uma questão técnica, também defendeu durante o encontro a instalação do pólo no Norte Fluminense. “Desde 1988 a Petrobras já dispõe de estudos técnicos que favorecem a Região Norte Fluminense para atrair o empreendimento.”, pontuou o secretário.

Também participaram do encontro o secretário de Governo e de Coordenação, Anthony Garotinho, os prefeitos de Cardoso Moreira, Renato Jacinto; de Conceição de Macabu, Cláudio Eduardo Barbosa Linhares; de Macaé, Riverton Mussi; de Casimiro de Abreu, Paulo Dames; de Macuco, Rogério Bianchini; de Porciúncula, Carlos Sérgio de Paula Porto; de Quissamã, Armando Carneiro; além dos secretários de estado de Agricultura, Abastecimento, Pesca e Desenvolvimento do Interior, Christino Áureo; secretário-chefe de Gabinete da Governadora, Fernando Peregrino; de Turismo, Sérgio Ricardo de Almeida; e de Comunicação Social, Ricardo Bruno; além dos deputados Paulo Albernaz e José Bonifácio.

FONTE: SECOM – PMRO. 

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.