Plateia enfrenta chuva e frio para participar do terceiro dia do Festival

Nem mesmo a chuva ou a temperatura mais baixa do fim da tarde abalaram o ânimo da plateia do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival.

O terceiro dia de shows, nesta sexta-feira, dia 31, começou ainda pela manhã com a apresentação do guitarrista brasileiro Mauro Hector na Concha Acústica da Praça São Pedro. No início da tarde, no palco da Lagoa de Iriry, foi a vez do guitarrista, organista, cantor e compositor norte-americano Lucky Peterson brindar o público com uma performance vibrante de blues contemporâneo. No início da noite, o premiado Victor Wooten, também dos Estados Unidos, mostrou toda a energia dos seus solos na Praia da Tartaruga, recebendo muitos aplausos.

O show do guitarrista Mauro Hector, que abriu as apresentações da sexta-feira, na Concha Acústica, ficou lotado. Guarda-chuvas e capas deram um colorido a mais ao espaço e Mauro, acompanhado por sua banda, agradeceu a plateia. “Obrigada por prestigiarem o show, mesmo com a chuva. A minha composição ‘Tema de Santos’ hoje é dedicada a vocês e a Rio das Ostras”, disse no início do show. Com excelentes solos, o discípulo de Jimi Hendrix mostrou porque o seu nome já é referência de jazz e blues no Brasil.
Uma forte energia e grande participação da plateia marcaram o show que veio logo em seguida e lotou o anfiteatro da Lagoa de Iriry. Motivando a participação do público que, sob o comando dele levantou as mãos e bateu palmas ritmadas, Lucky Peterson fez uma excelente performance. No repertório, composições mais antigas e as do último álbum, “You can always turn around”. Peterson dividiu o palco com sua banda, que inclui Tamara Peterson no vocal.
O público viu o anoitecer na Pedra da Tartaruga, acompanhando e aplaudindo muito a apresentação de Victor Wooten, vencedor de cinco Grammys. O baixista eletrônico, que se destaca por seus solos, tocou junto com a banda que tem Krystal Peterson nos vocais. Foi um show vibrante, com muita participação da plateia, vocais excelentes de Krystal Peterson e do próprio Wooten, que também é compositor, arranjador e multi-instrumentista.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.