Moradores prestigiam festividades de aniversário de Rio das Ostras

População elogia a primeira festa que destacou a história do Município e abriu as portas aos artistas locais

Rio das Ostras comemorou seu 21º aniversário de emancipação politica-administrativa com um estilo próprio. Quem aprovou foi a população do Município que prestigiou a festa em clima familiar num evento totalmente voltado para a arte e resgate histórico da Cidade. Pessoas de diversas idades vibraram com os talentos locais que se apresentaram na Praça São Pedro entre a Casa de Cultura Bento Costa Junior, a Concha Acústica e as calçadas em torno destas unidades. Foram muitas apresentações de música, teatro, dança, artes plásticas, entre outros.
Jorge Perlingeiro, locutor oficial das notas dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, foi o apresentador da sexta, 12. A noite foi marcada pelos ritmos brasileiros, com destaque para o choro e o samba de raiz. No palco, os músicos dos grupos Na Onda do Choro, Coletivo Só Pra Moer e Água da Mina apresentaram clássicos como “Foi Um Rio que Passou em Minha Vida” e “O Que é, o que é?”, de Gonzaguinha, além de músicas imortalizadas por compositores como Pixinguinha.
No sábado, 13, quem apresentou as atrações foi David Brazil ao lado da modelo e rainha de bateria do Salgueiro Viviane Araújo. “Me sinto privilegiado de fazer parte das festividades de aniversário de Rio das Ostras. Essa cidade é encantadora e fui recebido com muito carinho. Com certeza vou voltar. A cidade é uma graça!”, disse o promoter.
Ainda no sábado, o rap do “No Grau” e o hip hop da “Cia Expressão Humana”, deram o ritmo da festa. No repertório, uma homenagem a Rio das Ostras com trechos do hino municipal na batida do rap e músicas que promoviam a consciência de igualdade entre as pessoas. Ao final das apresentações, os artistas se uniram ao público para dançar e cantar no palco. A chuva forte impediu que a última banda, Stradah de Terra, se apresentasse. A nova data para este show ainda será divulgada.
A criançada se divertiu na tarde do domingo com a apresentação de artistas de performance circenses e o “Três porquinhos, o musical” numa tarde embalada pelo ator Guilherme Leicam, o Vitor da Malhação, que causou alvoroço entre os jovens.
População elogia a primeira festa que destacou a história do Município e abriu as portas aos artistas locais

Rio das Ostras comemorou seu 21º aniversário de emancipação politica-administrativa com um estilo próprio. Quem aprovou foi a população do Município que prestigiou a festa em clima familiar num evento totalmente voltado para a arte e resgate histórico da Cidade. Pessoas de diversas idades vibraram com os talentos locais que se apresentaram na Praça São Pedro entre a Casa de Cultura Bento Costa Junior, a Concha Acústica e as calçadas em torno destas unidades. Foram muitas apresentações de música, teatro, dança, artes plásticas, entre outros.
Jorge Perlingeiro, locutor oficial das notas dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, foi o apresentador da sexta, 12. A noite foi marcada pelos ritmos brasileiros, com destaque para o choro e o samba de raiz. No palco, os músicos dos grupos Na Onda do Choro, Coletivo Só Pra Moer e Água da Mina apresentaram clássicos como “Foi Um Rio que Passou em Minha Vida” e “O Que é, o que é?”, de Gonzaguinha, além de músicas imortalizadas por compositores como Pixinguinha.
No sábado, 13, quem apresentou as atrações foi David Brazil ao lado da modelo e rainha de bateria do Salgueiro Viviane Araújo. “Me sinto privilegiado de fazer parte das festividades de aniversário de Rio das Ostras. Essa cidade é encantadora e fui recebido com muito carinho. Com certeza vou voltar. A cidade é uma graça!”, disse o promoter.
Ainda no sábado, o rap do “No Grau” e o hip hop da “Cia Expressão Humana”, deram o ritmo da festa. No repertório, uma homenagem a Rio das Ostras com trechos do hino municipal na batida do rap e músicas que promoviam a consciência de igualdade entre as pessoas. Ao final das apresentações, os artistas se uniram ao público para dançar e cantar no palco. A chuva forte impediu que a última banda, Stradah de Terra, se apresentasse. A nova data para este show ainda será divulgada.
A criançada se divertiu na tarde do domingo com a apresentação de artistas de performance circenses e o “Três porquinhos, o musical” numa tarde embalada pelo ator Guilherme Leicam, o Vitor da Malhação, que causou alvoroço entre os jovens.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Please follow and like us:
error0
fb-share-icon20
Tweet 20
fb-share-icon20

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.