Mais de 300 pessoas festejam aniversário da Natação no Mar de Rio das Ostras

Festividade marcou cinco anos da Escola, com a presença do atleta olímpico Luiz Lima

O aniversário de cinco anos da Escola de Natação do Mar, da Prefeitura de Rio das Ostras, foi marcado por, mais que atividades esportivas, pelo espírito de união. Mais de 300 alunos, dos núcleos de Rio das Ostras e de Copacabana, se reuniram no sábado, dia 4, para travessias, além de atividades festivas como canto, dança e muita festa. O evento contou com a presença do atleta olímpico e padrinho da Escola, Luiz Lima, da professora e coordenadora do projeto, Izabel Thomas, do prefeito Carlos Augusto e do secretário de Esporte e Lazer, Carlos Alberto Marins.

“Todos os atletas, professores e familiares estão de parabéns. A Escola de Natação no Mar de Rio das Ostras é um sucesso nacional e toda essa festa é um reconhecimento desse trabalho. Mais que saúde, estamos promovendo união e consciência ambiental”, disse o prefeito Carlos Augusto.

Emocionada, Izabel Thomas falou da importância desse marco e da possibilidade de expansão do projeto. “Já são 500 alunos ao todo, na escola de Rio das Ostras e no núcleo de Copacabana. E ainda temos uma lista de espera de 3 mil pessoas. Para ampliarmos o projeto e atender a toda essa demanda precisamos de mais empresas parceiras”, contou a professora.

A festa começou cedo, pela manhã, na praia da Boca da Barra, quando foram realizadas as travessias e o “batizado” dos novos atletas. Os nadadores se uniram em uma grande roda para cantar, dançar e comemorar o sucesso da iniciativa. À noite, as comemorações continuaram com música, além de fotos e filmes que relembraram momentos importantes da história da Escola de Natação do Mar.

“Estou muito feliz em participar desse momento incrível. É uma tarefa difícil manter um projeto por cinco anos e com toda essa procura, todo esse sucesso; só com muito amor e competência”, afirmou Luiz Lima.

Durante o evento, a ONG MARE também expôs produtos feitos com material reciclado, como adereços e enfeites produzidos a partir de garrafas PET.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.