Globo Ecologia mostra Rio das Ostras como exemplo

Globo Ecologia mostra Rio das Ostras como exemplo de agricultura sustentável

Programa sobre produção de alimentos foi ao ar no último sábado, 25 de abril

À procura de modelos de agricultura com respeito ao meio ambiente, a equipe do programa Globo Ecologia chegou a Rio das Ostras. O município foi apontado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa como exemplo de produção agrícola sustentável por conta do Projeto de Incentivo ao Plantio de Feijão, desenvolvido pela Prefeitura. O programa, que foi ao ar neste sábado, 25, mostrou a produção do arroz e feijão no Brasil – a “preferência nacional”, como disse o apresentador Max Fercondini.

Para falar sobre a produção de feijão, o programa utilizou o caso de Rio das Ostras como bom exemplo. A reportagem destacou o apoio aos pequenos agricultores do município, a rotação de culturas e a produção agrícola livre de agrotóxicos.

Em depoimento, o secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, Max Almeida, explicou sobre a correta utilização da terra.

“Respeitamos o ciclo da lavoura em relação ao tipo de solo. Trabalhamos com a rotação de cultura, planta-se o feijão, o milho, descansa solo e depois, o aipim”, disse o secretário.

O produtor Valdir de Souza, um dos campeões de produtividade de feijão no município, disse que o feijão é o produto que propicia maior fonte de renda para sua família e defendeu a agricultura limpa, sem agrotóxico.

A reportagem também inclui depoimentos do chefe geral da área de Arroz e Feijão da Empraba, Pedro Arraes, que fala sobre a cadeia produtiva desses produtos no País. Quando esteve no município, durante as gravações do programa, Arraes elogiou a ação da Prefeitura.

“O incentivo do município de Rio das Ostras à produção agrícola familiar é um exemplo para o Brasil”, declarou Pedro Arraes.

Produção de alimentos – Primeiro de uma série sobre produção de alimentos – chamada “Do prato à terra”, o programa da Rede Globo apresentou um pouco da história da alimentação no Brasil.  A partir de pesquisas, mostrou que a alimentação diária do brasileiro é bem semelhante nas diferentes regiões e classes sociais. Dos produtos consumidos, o arroz faz parte da dieta de 96% das pessoas e o feijão, de 94%.

Feijão – Já começou o plantio da nova safra de feijão em Rio das Ostras. A expectativa da Prefeitura é manter a alta produtividade e o sucesso que o Programa de Incentivo ao Plantio vem conquistando desde 2005, quando a produtividade foi de 680 quilos por hectare. Em 2006, esse número subiu para 1074 e no ano seguinte, para 1,1 tonelada. Em 2008, a safra chegou a 1,2 tonelada por hectare.

 

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.