Fundição de Artes e Ofícios de Rio das Ostras prepara decoração do Festival de Jazz & Blues

Artesãos produzem guitarra e saxofone de três metros feitas com fibra de vidro 

Quem participou da última edição do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival pôde perceber a qualidade das peças de ornamentação produzidas pela Fundição de Artes e Ofício, unidade da Fundação de Cultura do município. Este ano, a Prefeitura ampliará a decoração na Área de Eventos de Costazul, principalmente na Casa do Jazz, espaço que oferece shows com artistas que produzem um som original, priorizando os talentos da Cidade e Região. Artesãos da Fundição de Artes e Ofícios estão preparando parte dos enfeites que ficarão no entorno da Casa do Jazz.

“Nossos artesãos estão trabalhando a todo vapor para deixar a Cidade no clima da boa música. A Fundição está aquecida, com a participação de todos seus profissionais para que nossos turistas tenham a melhor impressão possível, não apenas do nosso evento, mas do Festival. Abrimos, assim, uma grande oportunidade para conquistar, ainda mais, nosso público”, disse Cosme dos Santos, presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura.

 

Este ano, artistas plásticos produziram uma guitarra de três metros de altura feita com fibra de vidro, nos mesmos moldes que o saxofone exposto ano passado. O sax foi restaurado e promete repetir o sucesso junto ao público. Outra grande novidade é o backdrop, local utilizado para tirar fotos, com bonecos segurando instrumentos que representarão uma banda.

 

Chaveiros, botons e outros suvenires também estão sendo confeccionados na Fundição de Artes e Ofícios. O objetivo é fazer com que todos possam levar uma recordação de Rio das Ostras para seus municípios de origem. Toda renda adquirida será revertida para a promoção dos projetos desenvolvidos pela Fundação de Cultura.

 

“Fico entusiasmada em saber que meu trabalho será levado para diversos municípios brasileiros e estrangeiros. Ano passado era perceptível a boa impressão que os visitantes tinham ao adquirir nossas lembranças”, contou Leila Barbo, artista plástica da Fundição de Artes e Ofícios.

 

ATRAÇÕES –  Nos dias 8, 9, 15 e 16 de agosto, a Casa do Jazz será agitada por shows de artistas da Cidade e Região. No dia 12 de agosto, a Casa do Jazz também vai ser palco do sarau “Antologia Poética”, envolvendo 40 poetas riostrenses. As apresentações acontecerão de 10h às 18h. 

 

 

 

 

FONTE:

Secretaria de Comunicação Social

Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.