Fórum debateu aplicação de flúor no sal de cozinha

Medida seria eficaz contra cárie

 

Profissionais da área da saúde, autoridades de todo o estado e membros da sociedade civil se reuniram nesse sábado, dia 23, durante o 1º Fórum de Fluoretação do Sal de Cozinha de Rio das Ostras. O evento, que aconteceu na Câmara Municipal, contou com a presença do vice-prefeito Benedito Wilton (Broder) e apresentou a aplicação de flúor no sal como uma medida viável para a redução da cárie, doença muito comum no país.

“Possuíamos reservas de fluorita  e salinas no estado, então, para nós esse processo seria algo relativamente simples. Eficaz e barato para o consumidor, o sal com flúor pode se tornar um grande negócio para a nossa região”, salientou o médico Ivo Saldanha.

O presidente da Associação Brasileira de Odontologia do Rio de Janeiro (ABO-RJ), Paulo Murilo, lembrou que o ideal é que a maioria da população brasileira tivesse acesso a água tratada e com flúor, como determina a lei,e ao creme dental- que também possui flúor- “Como na prática não é o que ocorre, o sal fluoretado é uma boa alternativa”.

Para Germana Medeiros, coordenadora do programa de Saúde Bucal de Rio das Ostras, o fórum foi o pontapé inicial. “Queremos chamar atenção sobre a importância do tema e colocá-lo na pauta das autoridades para que a aplicação do flúor no sal de cozinha passe a ser uma realidade”.

Também participaram do evento Cláudio Fernandes, da Universidade Federal Fluminense de Nova Friburgo; Édson Flávio, vereador de Nova Friburgo; Eduardo Cortes, do Conselho Regional de Odontologia do Rio de Janeiro; além de representantes dos deputados Olney Botelho e Aparecida Gama;

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.