Empresários participam de Seminário de Panificação

Cerca de 50 empresários participaram na quarta-feira, dia 18, do 1º Seminário de Panificação de Rio das Ostras, promovido pela Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio da Prefeitura de Rio das Ostras no Centro de Convenções do Vilarejo Praia Hotel.

 

A primeira palestra do Seminário foi apresentada pelo diretor do IPC (Instituto de Panificação e Confeitaria do Estado do Rio de Janeiro) e do Sindicato de Panificação do Sul Fluminense, José Orlando de Souza, e teve como tema “Identificação da realidade local – Formação profissional e qualificação”. José Orlando apresentou dados sobre o setor de panificação em Rio das Ostras e falou também sobre a realidade do setor em outras regiões do estado.

De acordo com os dados do IPC, em Rio das Ostras existem 75 padarias, que empregam 525 trabalhadores e movimentam cerca de R$ 25 milhões por ano. Ainda de acordo com a pesquisa, 50% das padarias do município têm menos de cinco anos de funcionamento.

O Seminário também contou com uma palestra sobre “Empreendedorismo, Motivação e Gestão Empresarial”, ministrada pelo administrador de empresas Rogério gimba, e com a apresentação do presidente do IPC, Olney Botelho, sobre o tema “Um caso de sucesso – Superpão Nova Friburgo”, padaria que existe há 20 anos em Nova Friburgo e que começou com seis funcionários e hoje emprega cem pessoas.

Outro assunto abordado por Olney foi a nova lei federal, em vigor a partir do próximo dia 20 de outubro, que determina que o pão francês passe a ser vendido somente por peso e não mais por unidade, como acontece atualmente. “Essa mudança é uma maneira mais justa de comercializar o pão. Com isso, o consumidor vai pagar exatamente pela quantidade de produto que levar”, explicou Olney.

Para o secretário de Turismo, Indústria e Comércio de Rio das Ostras, Alan Machado, o seminário foi importante para contribuir para a qualificação dos profissionais do setor de qualificação do município. “O setor de panificação está crescendo muito em Rio das Ostras e queremos projetá-lo no cenário econômico do município”, disse Alan, acrescentando que a Prefeitura está estudando um convênio de cooperação técnica com o IPC para que técnicos do Instituto possam vir ao município prestar assessoria às panificadoras da cidade.

Ao final do Seminário, todos os participantes receberam certificados entregues pelo prefeito Carlos Augusto, que aproveitou para lembrar aos empresários a importância da qualificação profissional. “Temos que dar suporte para que esses empresários possam melhorar e ampliar cada vez mais seus negócios”, disse o prefeito.

Os participantes do Seminário ficam satisfeitos com os conhecimentos adquiridos e pretendem aplicá-los na administração de seus negócios. “Esse Seminário é o que faltava em Rio das Ostras. A questão da qualificação é muito deficiente aqui na Região dos Lagos e qualificar é muito importante para oferecer bons serviços ao consumidor”, disse Paulo Ramos, gerente de uma padaria do município, e que investe no treinamento de seus funcionários para que eles possam fazer um bom atendimento. “Mas se pudermos fazer essas ações de capacitação em conjunto, todos sairiam fortalecidos”, destacou o gerente.

FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.