Circuito eco-rural em Cantagalo terá projeto de agrofloresta

Trabalho será realizado pela ONG Mare em parceria com a Prefeitura
Representantes da Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio de Rio das
Ostras e da ONG MARE (Meio Ambiente, Responsabilidade e Esporte) estiveram na
última terça-feira, dia 9, em Cantagalo, para uma primeira ação do
projeto-piloto de agrofloresta. Na ocasião, foi feita a avaliação da
propriedade que será utilizada nessa primeira experiência.
Para o diretor de desenvolvimento econômico da Secretaria, José Francisco
Matulja, a iniciativa da ONG irá fortalecer o turismo rural. “O circuito
eco-rural depende de uma diversidade de culturas, que são seu maior atrativo.
Só temos turismo nessa localidade, se tivermos a agricultura fortalecida. Além
disso, com a agrofloresta, a renda desses agricultores pode ser aumentada”,
frisou Matulja.
Através da técnica é possível reproduzir o ecossistema e, ao mesmo tempo,
gerar uma agricultura sustentável, com plantas próprias para o consumo humano
e para comercialização.
Também estiveram presentes nessa visita, alunos do curso de Produção Cultural
da UFF em Rio das Ostras, que estão desenvolvendo um projeto de resgate da
cultura no circuito eco-rural.

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.