Bolsista de informática em Rio das Ostras desenvolve “Intranet do Conhecimento”

Com apoio pedagógico da Secretaria de Educação, aluno potencializa habilidades

 

Sites de pesquisa escolar são instrumentos muito usados por estudantes. Pensando nas duas unidades de ensino da Rede Municipal de Rio das Ostras que não têm acesso à internet, um bolsista de informática do Programa Pró-Interação (Print), da Secretaria de Educação, desenvolveu a "Intranet do Conhecimento". Como apoio pedagógico de Johnny Charles, gestor de tecnologias educacionais, o aluno Guilherme Saint'Clair, de 15 anos, criou um site offline que reúne informações sobre Português, Matemática, Geografia, História, Ciências, Educação Física e Artes.

As escolas que ainda não têm acesso à internet – Fazenda da Praia, no Mar do Norte, e Marinete Coelho de Souza, em Cantagalo – não foram as únicas beneficiadas com o projeto. "Estamos instalando a Intranet do Conhecimento nos computadores das 16 unidades de ensino que possuem salas de informática", conta Johnny Charles. No site offline estão reunidas 790 páginas de texto e 365 imagens relacionadas aos conteúdos curriculares do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

"Tive a idéia de disponibilizar informações de sites de pesquisa para todos os alunos e, com o apoio da Secretaria de Educação e de outros bolsistas do Print, meu projeto pôde se tornar realidade", conta Guilherme, aluno do 1º ano do Ensino Médio no Colégio Estadual Cinamono. "A wilkipedia foi o principal instrumento de consulta, mas também pesquisei em outros sites", explica o estudante, lembrando que todas essas fontes são citadas na Intranet do Conhecimento.

Foram cerca de 7 meses de trabalho e, com o conhecimento adquirido como bolsista de informática e no curso de Web Design desenvolvido pela Prefeitura de Rio das Ostras, Guilherme concretizou a Intranet do Conhecimento.

Print – O Programa Pró-Interação (Print) oferece uma ajuda de custo para 20 alunos-monitores que estudam regularmente nas escolas do município e atuam quatro horas por dia como bolsistas em espaços digitais. Entre as ações dos monitores estão o auxílio a outros estudantes no uso da informática, suporte tecnológico à Secretaria de Educação e desenvolvimento de sites.

Finalistas na Categoria Aluno Monitor do Prêmio Microsoft Educadores Inovadores – Brasil de 2006, o Print também foi apresentado no Congresso Luso-Brasileiro de Política e Administração de Educação, em Lisboa, em abril de 2007.


FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.