5ª Olimpíada Brasileira de Matemática

Alunos riostrenses participam da 5ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

Prova reuniu mais de 230 alunos e foi realizada no Colégio América Abdalla

Com o objetivo de estimular e promover o estudo da matemática entre alunos das escolas públicas e contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Básica, 237 estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio das escolas públicas de Rio das Ostras fizeram, no último sábado, dia 24, no Colégio Professora América Abdalla, a prova da segunda fase da 5ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2009). A Olimpíada é promovida pelo Ministério da Educação e do Ministério da Ciência e Tecnologia, em parceria com o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e com a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), responsáveis pela Direção Acadêmica.

A OBMEP conta com provas em três níveis (1 – alunos matriculados no 6º ou 7º ano do Ensino Fundamental, no ano letivo correspondente ao da realização das provas, 2 – alunos matriculados no 8º ou 9º ano do Ensino Fundamental e 3 – alunos matriculados em qualquer série do Ensino Médio) e premiará estudantes, professores, escolas e secretarias de educação. Essa premiação baseia-se exclusivamente no resultado das provas da Segunda Fase, tendo em vista que as notas da Primeira Fase não são utilizadas na classificação final.

A premiação de alunos totaliza 300 medalhas de ouro, 900 medalhas de prata, 1800 medalhas de bronze. Além disso, serão concedidos certificados de Menção Honrosa a até 30.000 alunos. Todos os alunos medalhistas serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC) da OBMEP.
As escolas premiadas receberão um kit de material esportivo, e livros/vídeos para a composição de uma biblioteca básica em Matemática e Ciências. As Secretarias de Educação serão premiadas de acordo com a pontuação das suas respectivas escolas municipais e estaduais inscritas na Segunda Fase da OBMEP. Serão concedidos troféus a cinco secretarias estaduais de educação (uma por cada região geográfica) que obtiverem maior pontuação.

Para a secretária de Educação de Rio das Ostras, Maria Lina Paixão, a expectativa é de que os alunos da cidade se destaquem porque já obtiveram boas notas na primeira fase. “Tenho certeza que iremos ganhar medalhas porque os alunos vêm se empenhando para esta prova. Além disso, procuramos incentivar os professores para que todas sejam premiados”, explicou.

De acordo com a coordenadora do Centro de Aplicação da 2ª Fase da 5ª OBMEP, Eliane Camacho, alunos e professores da rede municipal estão estimuladas. “Os pais também estão mostrando um grande interesse na educação dos filhos e estão incentivando o estudo de uma forma geral. Isso é importante porque mostra a socialização da família na Educação”, declarou.

Aluno do 6º ano da Escola Municipal Reunidas Atlânticas, Jairo Salles da Silva Filho foi o primeiro a acabar a prova da segunda fase. “Achei a prova fácil. Além disso, essa é uma boa oportunidade para aprender mais”, disse.

Naiyara Gomes Rodrigues, aluna do 6º ano da Escola Municipal Fany Batista Esteves, acredita que terá uma boa colocação na OBMEP. “A prova não estava nem fácil, nem difícil. Como as minhas melhores notas são as de matemática e português, acho que vou me sair bem”, apostou.

Na opinião de Vitória Ramiro, aluna da escola Municipal Ary Gomes de Marins, esta segunda fase estava mais difícil que a primeira. “Apesar da dificuldade, acho que vou passar porque estudei muito”, informou.

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.