4ª Festa da Colheita do Feijão é sucesso de público.

Pesquisadores elogiam programa Renda no Campo Desenvolvido no município

Cerca de 10 mil pessoas participaram da 4ª Festa da Colheita do Feijão de Rio das Ostras, realizada em Cantagalo, nos dias 10 e 11 de outubro.  O evento, promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, marcou a safra recorde de 200 toneladas em 2008, quase 150 a mais que no ano passado.

A festa contou com a feijoada preparada pelas cozinheiras da Escola de Samba Império Serrano, shows de humor e de música.

“Rio das Ostras está mostrando para todo o país que com a aplicação de uma boa metodologia é possível atingir uma grande produtividade agrícola. Fico impressionado que um município tipicamente turístico esteja dando tratamento especial à agricultura, atingindo uma produtividade de feijão duas vezes maior que a média do Estado e diminuindo o êxodo rural. Esse trabalho, com certeza, é um bom exemplo para todo o Brasil” , destacou o pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro (Pesagro- RJ), Benedito de Souza, que estava presente no evento.

Durante a festa foram premiados os cinco agricultores que tiveram melhor desempenho por hectare cultivado e o campeão de produtividade. O primeiro lugar em produção deste ano, com 4.835 quilos, foi Valdemir Barcelo. Já o de produtividade, com 1688 kg/ha, foi Valdir de Souza Ramos, que recebeu o prêmio das mãos do prefeito Carlos Augusto.

“Todo o apoio técnico e a oferta de insumos oferecidos pela Prefeitura foram essenciais para que eu conseguisse atingir essa produtividade. Sozinho nem sei se estaria trabalhando na lavoura hoje em dia.”, avaliou Valdir.

PESQUISADORES ELOGIAM PROGRAMA DE APOIO AO PRODUTOR

A 4ª edição da Festa da Colheita contou com as presenças de conceituados pesquisadores do país na área de agricultura que elogiaram a iniciativa de Rio das Ostras no apoio ao pequeno produtor rural. Para o pesquisador do Ministério da Agricultura, Romeu Nogueira, o trabalho desenvolvido no município junto ao homem do campo é uma ação impar em toda a Região dos Lagos.

“Rio das Ostras está proporcionando uma renda real para quem vive da agricultura através de um trabalho exemplar que está aumentando a produtividade agrícola na cidade”, comentou Nogueira.

Segundo a coordenadora de pesquisas da Pesagro, Leda Kimura, não é comum ver programas de incentivo à agricultura no país tão completos como o de Rio das Ostras. “Conseguimos aqui o que sonhamos a vida toda: a pesquisa, a extensão e a melhoria da qualidade de vida do produtor. E é o que acontece aqui, em Rio das Ostras, que precisamos ver em todo o país”, enfatizou a pesquisadora.

PROGRAMA – Atualmente Rio das Ostras conta com 119 produtores de feijão, em 2007 eram 55. Para o secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, Ivan Noé, o aumento significativo em todos os números se deve ao trabalho realizado pelo Programa Renda no Campo e ao projeto “Feijão Maravilha”, que oferece equipamentos, assistência técnica, beneficiamento de grãos e todo acompanhamento necessário ao agricultor.


FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.