Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Sabino se encontra com empresários em Feira Offshore em Macaé

Prefeito de Rio das Ostras busca parcerias para expansão da Zona Especial de Negócios e geração de emprego no Município

Atrair novas empresas para Rio das Ostras e gerar mai empregos é prioridade do prefeito Sabino. Ele esteve na última quinta-feira, 13, juntamente com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Mario de Almeida, na 7ª edição da Feira Brasil Offshore para se encontrar com empresários do setor de petróleo. O objetivo da prefeitura é a ampliação das empresas já instaladas na Cidade, a entrada de outras e o planejamento para geração de empregos e renda no município.
“Nossa tarefa, agora, é fomentar novas formas de recebimento de impostos. Rio das Ostras é uma cidade que tem uma grande dependência dos repasses dos royalties e essa verba não é um número garantido para os próximos anos. Precisamos deixar nossa cidade menos vulnerável a uma provável perda desses valores. Também é preciso gerar mais empregos para nossa população”, explica Sabino.
Segundo o prefeito, mais de 80 empresas já estão cadastradas para instalação de suas sedes em Rio das Ostras. O objetivo é que, a curto prazo, o Município amplie postos de trabalho. Sabino ainda explica que já trabalha em projetos de capacitação profissional dos munícipes para esta futura realidade.
“Se queremos atrair empresas para nossa Cidade precisamos mostrar para esses administradores que temos uma população capacitada para essa nova realidade. Ainda precisamos melhorar, mas já estamos integrando as Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia e Desenvolvimento Econômico para a elaboração de cursos e oficinas de aperfeiçoamento técnico”, conta o Prefeito.
Confirmando as estratégias de desenvolvimento de capacitação funcional da população, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Mário Almeida, diz que o Município vai instalar um Parque Tecnológico.
“Certamente sairemos à frente. O Parque tem o objetivo de estudar e aplicar novas tecnologias com nossos adolescentes e jovens. Queremos ter um relacionamento estreito com as empresas a fim de conhecermos, de fato, suas necessidades de expansão, tanto no que diz respeito às suas estruturas tecnológicas e físicas, quanto as suas demandas profissionais. Por isso, já articulamos uma boa relação com esses empresários”, explica.
INSTALAÇÕES – Segundo Sabino, a compra do terreno para a expansão da Zen já está sendo negociada. Um espaço com 1 milhão de metros quadrados é a área que suportaria a entrada das primeiras empresas. Para o prefeito, essa negociação deve ser feita com cautela, pois o dinheiro público deve ser administrado para não causar nenhum impacto econômico negativo.
“Cada empresa precisa de aproximadamente 100 mil metros quadrados para se ajustar às normas de instalações de segurança. Este terreno está em fase de negociação, mas precisamos discutir os valores. Nosso objetivo é que o mais breve possível solucionemos essa situação”, conta o prefeito.


FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Imprimir Email