Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Sesc e Prefeitura de Rio das Ostras promovem laboratório de dança urbana com adolescentes do Cras Sul

 

Ação faz parte do projeto “Sesc Mais Futuro”, que aborda o empreendedorismo em diversas áreas

Uma parceria entre o Sesc Nova Friburgo e a Prefeitura de Rio das Ostras dá início ao laboratório de Dança Urbana, um desdobramento do projeto “Sesc Mais Futuro”. As oficinas são oferecidas aos atendidos do Centro de Referência de Assistência Social de Cidade Beira Mar, o Cras Sul. Os encontros começaram nesta terça, dia 5, e vão acontecer duas vezes por semana com a instrução de Fernanda Dias, professora de dança do Sesc.

 

Inicialmente, o projeto está contemplando 20 jovens, que aprenderão sobre o protagonismo a partir desta arte. A ação também promove o desenvolvimento dos participantes e uma melhor preparação para o mercado de trabalho com a dança, estimulando um olhar mais otimista sobre o futuro.

 

O projeto passa pela experimentação da dança como profissão, estimulando a inserção no mercado de trabalho. Durante as oficinas serão abordadas posturas e consciência corporal, que apresentam a dança urbana como uma atividade além do lazer, despertando futuras vocações.

 

“Vamos aprender a dança de um modo diferente e a cada aula teremos mais desenvolvimento e aprendizado”, afirmou uma das participantes da oficina, Ananda Pereira, de 14 anos.

 

Para Gabriel  Barbosa, de 17 anos, os novos conceitos sobre a dança serão fundamentais para se desenvolver como profissional. “Aprenderemos sobre espaço, movimento, trabalho em equipe, postura, ritmo e muito mais. Esses conhecimentos serão usados quando estivermos dando aula de dança”, contou.

 

Segundo o oficineiro do Cras Sul, Carlos Jorge de Souza, “essas oficinas serão muito produtivas porque eles terão dois instrutores com metodologias diferentes”. “Ter o Sesc como parceiro é uma garantia de sucesso com certeza, só vem a somar”, relatou.

 

PROJETO – O “Sesc Mais Futuro” propõe o desenvolvimento de um programa de atividades voltadas ao empoderamento juvenil e à participação cidadã deste público. As ações acontecem a partir de projetos que abordam as dificuldades, os planos de vida e o futuro. Dessa forma atuam como recursos para a criação de estratégias que compreendem a realidade e colaboram com a realização de planos para promover o potencial dos jovens.

 

PROFESSORA - Fernanda Dias é atriz profissional, pesquisadora e dançarina de matrizes africanas. É mestre em Artes Cênicas pela UniRio, especialista em Preparação Corporal para as Artes Cênicas pela Faculdade de Dança Angel Vianna - FAV e em Danças Tradicionais e Contemporâneas do Senegal pela Ecole des Sables (Senegal, África).  

 

Já atuou em mais de dez espetáculos teatrais com apresentações realizadas nos Estados Unidos, Europa e América Latina. É autora do texto teatral “Meus Cabelos de Baobá”, que foi vencedor do 8° Festival de Teatro Universitário - Festu 2018, e recebeu os prêmios de melhor atriz, melhor texto e melhor cena.

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios