Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Sala Verde de Rio das Ostras comemora um ano de atividades socioambientais

 

Projeto do governo federal implantado em várias cidades chegou à Cidade em outubro de 2018

Com um ano de atividades comemorado neste mês de outubro, a Sala Verde Semente de Cantagalo, localizada na zona rural de Rio das Ostras, vem cumprindo a sua vocação de desenvolver atividades educativas, socioambientais e culturais. Desde sua inauguração, o espaço contou com 1.516 participações em variadas atividades. O Projeto Salas Verdes é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente implantada em todo o País.  

 

Ocupando uma sala embaixo do coreto da Praça Waldemar Alves Barcelos, área central de Cantagalo, o espaço se tornou um ponto de reunião da comunidade rural. Coordenado pela Secretaria de Educação, Esporte e Lazer, o local conta com as parcerias da Emater-Rio, Reserva Biológica União (ICM-BIO), Fundação Rio das Ostras de Cultura e secretarias municipais de Saúde, Bem-Estar Social e Meio Ambiente, Agricultura e Pesca.

 

Cada um dos parceiros tem contribuído para que o projeto promova a melhoria da qualidade de vida dos moradores, sempre priorizando a sustentabilidade. “A Sala Verde realizou um trabalho muito gratificante, levando oportunidades, conhecimento, cultura e informação para idosos, adultos, jovens, adolescentes e crianças”, afirma Eliane Camacho, coordenadora geral do espaço.

 

Atividades realizadas na Sala Verde durante o primeiro ano de funcionamento trataram de diferentes temas. Algumas dessas iniciativas foram voltadas para o meio ambiente, como oficinas e palestras de compostagem, horta suspensa e proteção de nascentes, enquanto outras tiveram maior enfoque socioambiental, promovendo a integração, cultura, saúde e assistência social.

 

Muitas atividades, como oficinas de arte e de contação de histórias, foram voltadas especialmente para crianças e adolescentes. A Sala Verde também vem atendendo os alunos das escolas municipais Professora Marinete Coelho de Souza e Trindade, localizadas em Cantagalo.

 

PARCERIAS - A técnica Cíntia Cruz, do escritório da Emater-RJ na Cidade, destaca que o espaço é um ponto de interseção das ações de Educação, Saúde, Bem-Estar Social e Agricultura. “Com a Sala Verde está localizada em área central, numa praça, podemos unir nosso público-alvo, que são os produtores rurais, com toda a comunidade”, explica.

 

Para a educadora ambiental da Reserva Biológica União, Aline Oliveira, a parceria possibilita tornar mais conhecida essa importante área de preservação da Mata Atlântica. “Promovemos palestra sobre a reserva e uma oficina de origami para as crianças naquele espaço, além de receber grupos trazidos pela Sala Verde para conhecer a reserva”, destaca.

 

Para os representantes das secretarias municipais parceiras da Sala Verde, o local também tem sido de grande importância. “Nesse espaço promovemos muitas atividades socioeducativas, entra essas palestras informativas sobre direitos dos idosos e outras”, conta Mara Ribeiro, diretora da unidade de atendimento do Bem-Estar Social de Cantagalo.

 

“A população da localidade está crescendo muito e a Sala Verde funciona como uma extensão a nossa unidade, levando conhecimento e serviços, como aferição de pressão”, relembra Clícia Lobo, gerente da unidade de Estratégia de Saúde da Família (ESF) em Cantagalo. “Outra ação muito concorrida são as rodas de conversa sobre o uso das plantas medicinais”, completa.

 

Com a parceria da Fundação de Cultura tem sido possível oferecer oficinas, entre essas as de Biscuit e de Material Reaproveitável, que possibilitam a geração de renda. “Precisávamos ir ao centro da Cidade para ter oportunidade de fazer um curso assim. Agora tenho essa chance aqui em Cantagalo. Estou desempregada e quero aprender a fazer peças para vender”, conta Lygia Stein, moradora de Cantagalo.

 

SALAS VERDES - O Projeto Salas Verdes é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente (MMA), coordenada pelo Departamento de Documentação da Secretaria Nacional de Ecoturismo. Esses são espaços com múltiplas potencialidades disponibilizam e democratizam o acesso às informações socioambientais, além de desenvolver diversas atividades de Educação Ambiental como cursos, palestras, oficinas, eventos, encontros, reuniões e campanhas. Atualmente, existem 690 salas verdes em funcionamento no País.

 

É importante destacar que, trimestralmente, a Sala Verde Semente de Cantagalo envia um relatório de todas as atividades e ações realizadas no local para o Ministério do Meio Ambiente.

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios