Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Colheita do feijão é comemorada em Cantagalo, zona rural de Rio das Ostras

 

De 11 a 13 de outubro, a Prefeitura de Rio das Ostras realiza a tradicional Festa do Feijão, em Cantagalo, zona rural da Cidade. A festa comemora os bons resultados da colheita.

O Projeto Feijão, implantado pelo Departamento Agropecuário (Deagro) da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca de Rio das Ostras, apoia os produtores do Município, que recebem diversos benefícios, entre essas sementes, adubo, maquinários para preparo do solo, plantio e beneficiamento dos grãos, além de assistência técnica.

 

 

Como contrapartida, os agricultores que aderiram ao Projeto Feijão entregam 10% da colheita para a Prefeitura. Esse feijão passa por um melhoramento e é armazenado a baixa temperatura para servir de semente no ano seguinte. Toda a produção restante é comercializada pelo próprio produtor.

 

 

 

RESULTADOS - Neste ano, de julho a setembro, foram colhidas 10 toneladas de feijão em Cantagalo. “Foram plantadas as espécies ouro vermelho e esplendor em cerca de 50 hectares, atendendo a 66 agricultores que aderiram ao Projeto Feijão da Prefeitura”, explica o engenheiro agrônomo Renato Ferreira, do Departamento Agropecuário.

 

 

Um desses agricultores é Claudenier Pinto, mais conhecido como “Gatinho”, que colheu mil e trinta quilos de feijão em sua propriedade de 1 hectare em Cantagalo. “Tudo deu certo. A chuva veio na hora certa. Irei participar no próximo final de semana da Festa do Feijão com a venda do grão. Espero que a festividade seja agradável para todos e atraia muita gente de outras cidades. A feijoada desta festa tem o sabor da terra”, conta.  

 

 

 

APOIO DA PREFEITURA – Os agricultores que aderiram ao Projeto Feijão recebem

 

sementes e assistência técnica do Deagro da Prefeitura de Rio das Ostras.

 

 

Neste ano, cada hectare recebeu 40 quilos de sementes e 200 quilos de adubos. Depois do plantio, os técnicos da Deagro orientaram os produtores a fazer uma adubação de cobertura, garantindo maior produtividade.

 

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios