Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

“Quebrada Queer” agita Parada LGBTI de Rio das Ostras

 

O grupo de rap “Quebrada Queer” promete agitar a Área de Eventos de Costazul durante a Parada LGBTI+ de Rio das Ostras.

Eleito um dos maiores eventos deste gênero na Região dos Lagos e o terceiro maior do Município, neste ano aborda o tema “Consideramos justa toda forma de amor”, letra de Lulu Santos. O evento acontece a partir das 14h com diversas atrações. Entrada franca.

 

Na programação, também haverá a presença de artistas, apresentação de DJs, shows de Drag Queens, mostra cultural e uma grande campanha de prevenção e conscientização sobre IST/AIDS.

 

Além da “Quebrada Queer”, estarão se apresentando  na 13ª Parada da Diversidade LGBTI os DJs Luck Burton, Nanda Machado, Fabiana Lima, Amanda Schuartz, Joyce Souza e Nay Wallancuello.

 

Os shows ficarão por conta de Yara, Mary Miller, Keith Andrews, Abel Thomaz & Fabio Coco, Verdec, Kira e Ariel Enzi.

 

A Parada LGBTI é um dos principais eventos para a economia de Rio das Ostras durante a baixa temporada. “Estou muito feliz porque é a primeira vez que serei madrinha da Parada. Sabemos da importância de fortalecer este público para que diminua o preconceito. Além disso, o evento garante uma movimentação a mais na economia local com a vinda de turistas”, disse Aurora Siqueira, Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo.

 

 

QUEBRADA QUEER – Quebrada é um termo próprio adotado pela periferia para lembrar luta e resistência. Já o termo Queer é usado para representar os LGBTQ+. Seu significado provém da gíria inglesa, que literalmente significa “estranho, talvez ridículo, excêntrico, raro, extraordinário”. Trata-se de uma palavra utilizada para denominar quem não se encaixa no padrão de heterossexualidade ou binarismo de gênero.

 

O coletivo tem o objetivo de levar a quebrada e seus Queers para um lugar de acolhimento e conforto para romper barreiras históricas usando um ponto de ligação em comum como principal arma de salvo conduto: a música.

 

O evento é uma realização da Prefeitura de Rio das Ostras juntamente com a Fundação Rio das Ostras de Cultura, e as ONGs Cores da Vida e Grupo Ostras G Diversidade.

 

 

 

STONEWALL - Rio das Ostras entra nas comemorações dos 50 anos de Revolução de Stonewall – o acontecimento, que foi chave para dar início aos grandes movimentos a favor dos direitos LGBT+, que aconteceu em Nova Iorque, em 1969 – e realiza neste domingo, 6 de outubro, a 13ª Parada da Diversidade LGBTI.

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios