Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Alunos da Rede Pública e comunidade são beneficiados nos Centros de Inclusão Digital

 Mercado de trabalho é o principal foco dos cursos oferecidos nas duas unidades que funcionam em Rio das Ostras

O Município de Rio das Ostras, por intermédio da Secretaria Municipal de Gestão Pública, oferece cursos de informática com o objetivo de ajudar na inserção dos munícipes na Educação Tecnológica, ampliando suas possibilidades profissionais futuras. Duas unidades do CMID - Centro Municipal de Inclusão Digital funcionam na cidade, sendo uma na Rua da Assembleia, s/n°, São Cristóvão, e outra no Cras Sul, em Cidade Beira Mar, com atividades de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

 

Atualmente, 305 alunos aprendem sobre Excel Básico e Avançado, Informática Inicial e Informática para o Mundo do Trabalho, cada um com sua carga horária específica. Outros cursos oferecidos são: Aprendendo com as Tecnologias na Melhor Idade e Jovem no Mundo Digital. A previsão é que novas vagas sejam abertas no mês de agosto para atender a demanda crescente e, para participar do processo seletivo, o candidato precisa residir no Município de Rio das Ostras e ter os pré-requisitos e a escolaridade mínima exigida conforme o curso escolhido.

 

Outro fator que merece destaque com relação aos Centros de Inclusão Digital é o aumento considerável nos números de atendimentos feitos à comunidade que utiliza os espaços para acessar a internet, estudar e fazer trabalhos escolares. Como referência é possível citar o mês de maio deste ano, quando foram registrados 808 atendimentos nas duas unidades.

 

Segundo a Gerente Pedagógica Marcelle Tavares, por meio de uma parceria com a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer foi possível reformular o currículo do Programa de Qualificação Profissional e ampliar os cursos, principalmente aqueles voltados para o público mais jovem e estudantes da Rede Municipal. “Fizemos uma ampla divulgação nas escolas e a procura tem sido bastante significativa”, comentou.

 

Para o professor de informática, Erick Terra, estar com os alunos mais jovens é bastante estimulante uma vez que eles demonstram muito interesse e são curiosos. “A novidade do curso é mostrar que é possível aprender de forma divertida. Eles têm o gosto pela novidade. Isso faz toda diferença na hora de aprender”, destacou o professor.

Aos dezessete anos, esse mundo virtual, já não é novidade para Christian Marcos José de Lima, que mora e estuda próximo ao CMID de São Cristóvão. O jovem fez vários cursos e hoje ajuda muitos colegas a aprender como aluno monitor. Além disso, também auxilia usuários da comunidade quando necessário. “O espaço facilita bastante quando preciso estudar e fazer trabalhos da escola, por exemplo”, comentou.

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios