Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras adere ao Programa Busca Ativa Escolar para combater evasão escolar

Programa visa matricular crianças e adolescentes de 04 a 17 anos que ainda não estudam

Na tarde da última sexta, dia 3, a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer da Prefeitura de Rio das Ostras, em parceria com as secretarias de Saúde, Bem-Estar Social, Segurança Pública e Fundação Rio das Ostras de Cultura, realizou o lançamento do Programa Busca Ativa Escolar, desenvolvido pelo UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) com o objetivo de combater a evasão escolar. O evento foi realizado na Câmara dos Vereadores.

 

 

Com o slogan “Fora da Escola Não Pode!”, o Programa tem como missão matricular crianças e adolescentes de 04 a 17 anos que estejam fora da escola. O Busca Ativa Escolar facilita na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão. Por meio da ferramenta, a Rede Municipal de Ensino terá dados concretos que possibilitarão planejar, desenvolver e implementar políticas públicas que contribuam para combater a evasão escolar.

 

 

Na cerimônia de lançamento, o prefeito Marcelino Borba lembrou que a prioridade da Administração Municipal é disponibilizar Saúde e Educação de qualidade aos moradores. “Educação, Cultura, Esporte e Turismo precisam andar juntos em nossa cidade, sempre”, ressaltou.

 

 

“Ter a casa do povo lotada para tratar um assunto tão importante nos anima. Na Região dos Lagos, Rio das Ostras foi umas das primeiras cidades a aderir ao Busca Ativa Escolar. Estamos com alunos fora da escola na Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos. Precisamos mudar este quadro. A comunidade escolar foi convidada ao lançamento do Programa e compareceu”, comemorou o secretário de Educação, Esporte e Lazer, Maurício Henriques Santana.

 

 

Segundo a subsecretária de Bem-Estar Social de Rio das Ostras, Rosimara Valadares, é fundamental valorizar os Recursos Humanos no Município. “A riqueza deste trabalho começa nos assistentes sociais, agentes comunitários de Saúde e profissionais que vivenciam a Escola. É com satisfação que façamos parte desta parceria que se fundamenta em três eixos: Educação, Saúde e Assistência. Temos que pensar nas demandas das crianças e adolescentes fora da escola”, completou.

 

 

 

ASSESSORIA PARA MUNICÍPIOS -  Júlia Ventura, coordenadora da Associação Cidade Escola Aprendiz, destacou que o Programa Busca Ativa Escola é uma ferramenta tecnológica e uma metodologia de trabalho que existe nacionalmente, disponível para uso em qualquer cidade do país.

 

 

“Em especial no estado do Rio de Janeiro foi organizada uma equipe técnica de assessoria para que os municípios tenham um acompanhamento mais próximo para implementação dessas estratégias. Alguns municípios já começaram a receber este trabalho de assessoria e aqui em Rio das Ostras chegamos no final do ano passado”, relatou.

 

 

 

PARCEIROS - O Programa Busca Ativa tem o apoio da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

 

 

Estas associações apoiam os municípios na identificação das crianças e dos adolescentes que estão fora da escola, ajudando os menores a voltarem às salas de aula.

 

 

 

PRESENÇAS – Também estiveram presentes no evento a subsecretária de Educação, Esporte e Lazer, Hionar Cunha; a diretora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Giselly Leão; o presidente da Câmara dos Vereadores de Rio das Ostras, Carlos Alberto Afonso Fernandes; o subsecretário de Atenção Básica, Osvaldo Coelho; o subsecretário de Esporte e Lazer, Alcemir Jóia; e a Gestora do Polo da Associação Cidade Escola Aprendiz, Roberta Castro.

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios