Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Exposição fotográfica valoriza trabalho de doulas

Estado do Rio de Janeiro oficializou o dia 18 de dezembro como o “Dia da Doula”

A Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca traz a Rio das Ostras uma bela exposição fotográfica. Em comemoração ao Dia Estadual da Doula, o Parque dos Pássaros acolherá a Exposição Fotográfica "Ser Doula", do dia 01 a 14 de dezembro, onde os visitantes poderão conhecer um pouco mais sobre o trabalho destes assistentes de parto, que acompanham a gestante durante o período da gestação até os primeiros meses após o parto.

 

No dia 14 de dezembro, a partir das 9h, será realizada uma Roda de Conversa com Doulas, aberta, gratuita e moderada pelo grupo Colo Coletivo, com visita à exposição fotográfica, vivência da Dança Materna e outras atividades culturais.

 

A mostra exibe imagens que definem bem o papel desenvolvido por essas profissionais que auxiliam as mulheres no momento mais importante de suas vidas: o nascimento de um filho.

 

A doula passa por uma formação onde aprende sobre legislação, gestação, parto, puerpério e amamentação, dando as mulheres um suporte informativo, físico e emocional durante a gravidez e o puerpério, período também chamado de resguardo, nome dado à fase pós-parto em que a mulher experimenta modificações físicas e psíquicas.

 

Durante o trabalho de parto, a doula oferece métodos não farmacológicos para alívio da dor, respeitando o protagonismo e a autonomia da mulher. Essa profissional não realiza procedimentos, nem é a responsável pela assistência técnica do parto, mas compõe a equipe multidisciplinar com o objetivo de contribuir para que a mulher e o bebê tenham experiências positivas de parto e nascimento.

 

LEI DA DOULA - Em 2016, foi incluído no calendário oficial do Estado do Rio de Janeiro, o Dia da Doula, sendo instituído o dia 18 de dezembro. No mesmo ano foi criada a Lei da Doula (Lei 7314/2016), que prevê que ela possa acompanhar parturientes em serviços obstétricos públicos e privados, sem privar a mulher do seu direito de um acompanhante de sua livre escolha.

 

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios