Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras elege representantes de setores para Conselho Municipal de Cultura

Escolha de conselheiros e suplentes da sociedade civil para nove cadeiras aconteceu na tarde deste sábado, 17

Rio das Ostras tem novos representantes da sociedade civil no Conselho Municipal de Cultura. A eleição aconteceu na tarde deste sábado, 17, no Teatro Popular da Cidade, durante a última etapa da terceira edição da Conferência Municipal de Cultura. A escolha de conselheiros e suplentes para nove cadeiras é para o biênio 2019-2021.

Para concorrer, cada setor teve que inscrever, no mínimo, dez representantes para, dentro desses grupos, eleger o conselheiro e seu suplente.

As cadeiras eleitas com seus respectivos conselheiros foram: Cultura de Matrizes Africanas, com Winnie Silva Correia; Artesanato, com Eliane Silva; Música, com Micha Devellard; Dança, com Yasmim Coelho; LGBTi+, com Jonatan Oliveira Saldanha; Patrimônio Cultural Material e Imaterial, Gastronomia e Cultura Popular, com Rita de Cássia Almeida; Teatro e Circo, com Davi Teixeira da Silva; Literatura, Artes Visuais, Cinema e Artes Plásticas, com Thiago Mavieiro; e Produção Cutural, com Gabriel Fernandes Amorin.

“Já conseguimos muito. Somos vanguarda na área da Cultura e estamos aqui para traçar novas metas e rever o que foi feito, observando em quais aspectos podemos melhorar”, disse Cristiane Regis, presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura, durante abertura da Conferência.

Durante o evento, foram formados grupos de trabalho para discutir e propor melhorias para os eixos do Plano Municipal de Cultura que serão alterados por meio de decreto.

Para Carlos André Ramiro, que atua na frente da Cultura de Matriz Africana por meio da Capoeira, esta Conferência vem fortalecer a cultura negra na cidade. “Já tivemos alguns avanços neste tema, mas precisamos de mais. Dar visibilidade às nossas raízes é muito significativo na luta contra o preconceito que existe em torno de nossas atividades. O Conselho atua, trabalha com afinco, mas a sociedade civil precisa fazer a parte dela”, contou.

Micha Devellard foi eleita conselheira no setor da Música e contou sobre a importância de dialogar com o setor Municipal. “É imprescindível propor ações e agir em conjunto com a Administração Municipal para que a gente possa avançar ainda mais”, relatou.

No encerramento, Cristiane Régis convidou alguns dos presentes para representar o conselho de cultura pelo Poder Público. Aceitaram os convites Eder Verissimo, Tainá Dias e Cláudia Falcão. O restante será escolhido na próxima semana.

CONFERÊNCIA – A III Conferência Municipal de Cultura de Rio das Ostras começou na sexta, 16, reunindo representantes de diferentes setores. Durante o evento foi apresentao e aprovado o regimento interno da Conferência. Também foram apresentados os relatórios do Sistema Municipal de Cultura e do Plano Municipal de Cultura. Os participantes tiveram a oportunidade de assistir a uma palestra com o tema “Monitoramento de Gestão Cultural”.

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios