Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Centro Ferroviário de Cultura de Rocha Leão é reinaugurado

O Centro Ferroviário de Cultura Guilherme Nogueira, em Rocha Leão, unidade gerenciada pela Fundação Rio das Ostras de Cultura, foi reinaugurado no sábado, dia 6, com a presença do prefeito Marcelino Borba, autoridades, comunidade e dos apreciadores de arte, cultura e história.

Depois de seis meses de intensa reforma, a Administração Pública reabriu as portas da antiga estação como parte da programação de aniversário de Rio das Ostras, que celebra 27 anos de emancipação político-administrativa no próximo dia 10.

Entre as novidades estão a reabertura dos Espaço de Memória, com peças e objetos da época, e  Sala de Leitura, com centenas de livros destinados ao desenvolvimento da leitura de crianças e jovens. Além disso, o Centro Ferroviário manterá diversos cursos. Entre eles, o biscuit que, além de ocupar e qualificar mão-de-obra, irá proporcionar geração de renda para quem desejar trabalhar com este material.

“Estou muito satisfeito com o andamento da cultura aqui em Rio das Ostras. Conheço bem a história de quem ajudou nossa cidade a se desenvolver. Começou aqui em Rocha Leão. Sou de Rio Dourado, aqui do lado, e desde jovem ouço sobre os homens e mulheres que trabalharam duramente para que Rio das Ostras pudesse se tornar o que é hoje”, contou o Prefeito Marcelino durante a cerimônia de reinauguração.

Para a presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura, Cristiane Régis, essa reinauguração é uma grande conquista e a realização de um sonho. “Há quatro anos eu coloquei uma estaca no teto do Centro Ferroviário para que ele não caísse. Hoje posso afirmar para vocês, ele não vai cair. Logo no início da gestão, o Prefeito pediu que olhássemos também por Rocha Leão. Assim fizemos. O desafio foi grande. Nossa equipe é integrada e ama o que faz. Preservem este lugar”, contou emocionada durante o evento.

Nascido e criado em Rocha Leão, Helio Sarzedas disse que a Unidade tem um signficado especial porque ajuda a manter a memória dele e de tantas outras pessoas que viram o local crescer. “Não tenho palavras para definir meus sentimentos. Lembro de cada detalhe, das pessoas que trabalharam aqui e fizeram história”, contou.

Moradora do Centro de Rio das Ostras, a advogada Sônia Prata Neiva foi até Rocha Leão participar da inauguração. “Lembrei da minha infância, das cidades mineiras que tinham o trem como seu principal meio de transporte. Adoro arte e história e estou encantada por ter a oportunidade de participar deste dia maravilhoso”, contou.

HISTÓRIA - Inaugurada em 1888, a estação de Rocha Leão teve seu apogeu no início do século XX, sendo responsável pelo escoamento da produção de café, cana de açúcar e transporte de passageiros.

CERIMÔNIA – Durante a cerimônia, a criançada brincou com pula-pula e aproveitou para comer pipoca e o bolo comemorativo do aniversário da cidade. A festa foi encerrada com show do sertaneijo Josiel Maia, que é muito conhecido na Região e empolgou a plateia.

 

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email