Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras ganha assessoria do MinC para participar da Rede de Cidades Criativas da Unesco

 A cultura de Rio das Ostras está cheia de boas notícias.

Com uma nova visão de administração, a Fundação de Cultura vem trabalhando para obter uma gestão independente e os resultados não param de chegar.

Rio das Ostras acaba de se habilitar para receber consultoria de seis meses para elaborar o dossiê de candidatura à Rede de Cidades Criativas da UNESCO.

 

O programa da Unesco tem o objetivo de promover a cooperação internacional entre cidades que investem na cultura e na criatividade como fatores de estímulo ao desenvolvimento sustentável.

 

Em julho, Rio das Ostras se inscreveu no edital do Ministério da Cultura (MinC) que selecionou cidades brasileiras para receber apoio técnico para integrar a Rede de Cidades Criativas. Concorreu com mais de 20 municípios, e foi habilitada à frente de cidades como São Paulo e Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, que sequer foram classificadas.

 

O município está concorrendo com a música como área temática, por reconhecê-la como elemento de desenvolvimento econômico e social e como fator de impacto na economia local.

 

OUTRO DESTAQUE – Rio das Ostras é uma das poucas cidades brasileiras que concluiu o plano de trabalho e está com o Sistema Municipal de Cultura implantado, e isso foi um dos itens que impulsionou a habilitação do município. “Com isso comprovamos que já desenvolvemos e vamos ampliar as ações nas quais a criatividade funciona como vetor de desenvolvimento urbano sustentável”, disse a presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura, Cristiane Regis.

 

Esse trabalho também já foi reconhecido pelo MinC, através do coordenador de institucionalização e fortalecimento do Sistema Nacional de Cultura, Tony Gigliotti Bezerra, que parabenizou a cidade. “Rio das Ostras colocou-se na vanguarda do processo de institucionalização do Sistema Municipal de Cultura e servirá como exemplo para outros municípios que queiram aprimorar suas políticas de cultura”, disse.

 

Atualmente, 180 cidades de 72 países fazem parte da Rede de Cidades Criativas. Rio das Ostras precisa preparar um dossiê que passará pelo processo de seleção da Comissão de Avaliação da UNESCO, demonstrando o compromisso e a capacidade de contribuir com os compromissos da Rede. Um plano de desenvolvimento que impulsione a economia criativa e que tenha a cultura como base.

 

REDE DE CIDADES CRIATIVAS DA UNESCO – Criada em 2004, ressalta a criatividade de seus membros dentro de sete áreas temáticas: Artesanato e Artes Folclóricas, Design, Cinema, Gastronomia, Literatura, Artes Midiáticas e Música. Apesar das diferenças geográfica, demográfica e econômica, todas as Cidades Criativas se comprometem em desenvolver e compartilhar bons costumes inovadores para promover as indústrias criativas, fortalecer a participação na vida cultural, e integrar a cultura às políticas de desenvolvimento urbano sustentável. 

 

A apresentação do dossiê de Rio das Ostras acontecerá no próximo ano.

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email