Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Centro Ferroviário de Cultura de Rocha Leão será reaberto de cara nova

Fechado nos últimos anos, o Centro Ferroviário de Cultura Guilherme Nogueira em Rocha Leão passa por obras de manutenção e reabrirá para visitação de cara nova.

As obras de manutenção estão a todo vapor. Parte do madeiramento do telhado está sendo trocado, assim como janelas e portas danificadas principalmente pela ação de cupins. Uma vez com estrutura nova, a unidade passará também por um processo de dedetização.

Toda unidade cultural está sendo limpa e pintada, e esta semana, parte dos servidores da Fundação, juntamente com a presidente Cristiane Regis, está realizando um mutirão de organização para que em breve o local seja reaberto a visitação. “É um ação que envolveu todos nós. Estamos trabalhando para que parte da unidade esteja pronta para receber a população na próxima segunda-feira, quando começam os cursos gratuitos. O museu e a biblioteca só estarão prontos para reabertura no início de outubro”, explicou a presidente Cristiane.

Todas as peças pertencentes à antiga Leopoldina Railway e que compõem o acervo do Museu passarão por limpeza e manutenção, e a biblioteca será reorganizada. Infelizmente cerca de 500 livros foram inutilizados pelos cupins, mas a unidade receberá novos títulos, provenientes de doações feitas à Fundação de Cultura.

Cursos gratuitos – Começam na próxima segunda-feira, 17 de setembro, os cursos gratuitos oferecidos pela Fundação de Cultura à população. Parte do Centro Ferroviário de Cultura será aberto para as aulas de Papel Reciclado que acontecerão às segundas-feiras em dois horários – às 10h e às 14h. Todas as terças-feiras acontecerão aulas de dança, em quatro horários, pela manhã e à tarde; e também o curso de Fotografia com o professor Alexandre Araújo, também em dois horários.

 

 

 

Para comemorar a reabertura do Museu e da Biblioteca no próximo mês, a Fundação Rio das Ostras de Cultura está organizando um dia de atividades no Dia da Criança, 12 de outubro. “Pretendo levar teatro, atividades esportivas e culturais. Queremos ver o Centro Ferroviário de Cultura vivo, sendo utilizado pela comunidade e visitado pelos turistas”, disse Cristiane Regis.

 

 

Unidade cultural - O Centro Ferroviário de Cultura funciona na antiga Estação Ferroviária de Rocha Leão. Sua construção, utilizando mão de obra escrava, iniciou em 1877 e foi concluída em 1887. As paredes, em blocos de pedra bruta fixadas com estrume, mantêm até hoje o ar bucólico da época. A cobertura do prédio, com telhas francesas vindas de Marseille (França) foram preservadas.

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email