Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras mobiliza sociedade para o combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes

 

Prefeitura divulga canais para que toda população ajude a denunciar durante a pandemia do Coronavírus

Nesta segunda, 18, é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Diante da pandemia do Coronavírus, a Prefeitura de Rio das Ostras não fará a tradicional campanha externa que aborda a população nas ruas e praças com cartazes, distribuição de folder e orientações. Porém, mais do que nunca, é importante mobilizar a sociedade para que ajude a denunciar casos de violência neste período, já que abusadores e vítimas passam mais tempo juntos em isolamento social.

 

“Convocamos toda a sociedade a se conscientizar e se comprometer neste momento de isolamento social. As crianças e adolescentes estão mais tempo no ambiente domiciliar e infelizmente é onde acontece a violação de direitos. Nosso chamamento é que todos fiquem ligados nesta causa, contribuindo com denúncia e buscando ajuda. Se tiver suspeita de algum tipo de violência denuncie pelos canais corretos. Este é um público muito vulnerável e precisa contar com nosso apoio”, disse Eliara Fialho, secretária de Bem-Estar Social de Rio das Ostras.

 

Para reforçar o acesso e atendimento na rede, a equipe envolvida nessa campanha destaca a importância em disseminar os contatos telefônicos para pedido de ajuda. São eles: Conselho Tutelar – 2760-7384 e (22) 99969-4785; Delegacia de Polícia – 2771-4003; Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas) – 2771-6409; Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) – 2771-3125 e Whattsap 24 horas (22) 99870-8546; Patrulha Maria da Penha – 0800 022 6301 e (22) 2771-5000; e o disque 100.

 

De acordo com informações do Conselho Tutelar, nesse período de pandemia a média mensal é 140 atendimentos, com casos de violência sexual, maus tratos, conflitos familiares, violência física, orientações para guarda judicial, entre outras.

 

Em Rio das Ostras, um dos principais articuladores da ação é o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios