Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Profissionais da Educação de Rio das Ostras recebem orientações sobre Covid-19

 

Encontro aconteceu nesta terça-feira, dia 17, com a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Município, Andréa Viana 

Uma das primeiras medidas preventivas diante da pandemia do coronavírus (Covid-19) em todo o Mundo foi a paralisação das aulas em escolas públicas e privadas pelo período de duas semanas. Embora esse isolamento seja fundamental nesse processo, também se faz necessário que os profissionais da Educação estejam atentos às informações e orientações sobre a situação em cada município.

 

Na tarde desta terça-feira, dia 17, diretores de escolas públicas tiveram um encontro com a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica de Rio das Ostras, Andréa Viana. A reunião foi realizada na Escola Municipal Francisco de Assis em dois horários, respeitando a medida de distanciamento de um metro entre as pessoas. O objetivo foi tirar dúvidas dos profissionais sobre as ações de prevenção ao Covid -19.

 

Segundo Andréa Viana, a Secretaria de Saúde de Rio das Ostras vem organizando os serviços nesse enfrentamento ao coronavírus, obedecendo também aos decretos municipal e estadual, e é preciso que todos profissionais se previnam.

 

“Não existe mais um protocolo fixo para identificar quem está contaminado e nosso maior desafio é captar, precocemente, casos suspeitos. O vírus saiu de uma pessoa e, depois de dois meses, virou uma pandemia, por isso é muito importante que todos se sensibilizem de que a atitude individual interfere absurdamente na atitude coletiva”, ressaltou Andréa.

 

Para a diretora da Escola Municipal Prefeito Paulo Pinheiro, de Nova Cidade, Natália Noronha Alves, a iniciativa da Secretaria de Educação de reunir, de forma cautelosa, todos os diretores neste momento para serem munidos de informações reais e oficiais sobre o Covid-19, juntamente com uma representante da Saúde, foi fundamental. Ela pontua que os protocolos oficiais atualizados e as medidas de prevenção foram passados com muita clareza .

 

“Essas informações e medidas são extremamente necessárias para nós, gestores, que assim podemos repassá-las para as comunidades e defender e proteger nossas crianças. Penso que, neste momento, devemos ter calma e, principalmente, empatia, seguindo à risca todas as orientações dadas pelo Organização Nacional de Saúde sobre prevenção e cuidados, pois só assim vamos diminuir as possibilidades  de contágio.  Agora é cada um fazendo a sua parte”, destacou a diretora.

 

ORIENTAÇÕES - De acordo com a chefe de Vigilância Epidemiológica, em Rio das Ostras ainda não foi confirmado nenhum caso de coronavírus, mas que, independente disso, é fundamental seguir a orientação de isolamento, que as pessoas evitem de sair de casa, principalmente os idosos, e que só procurem as unidades de Saúde quando apresentarem febre e dificuldades no quadro respiratório.

 

“Rio das Ostras e Macaé estão no mesmo nível de transmissão. Então, a prevenção é melhor forma de conter essa curva de contaminação do Covid-19. Nossa obrigação é informar e atualizar a todos quanto aos serviços e medidas adotadas”, completou Andréa.

 

CONDUTA – O secretário de Educação de Rio das Ostras, Mauricio Henriques, também esteve presente no encontro, e assim como em outras reuniões, destacou a importância da disseminação de informações oficiais neste momento de aumento do número de casos de Coronavírus no país.

 

“Nós abrimos esse espaço para tirar todas as dúvidas dos diretores. É preciso calma, cautela e pensar com seriedade, sem pânico. Temos professores e diretores em grupo de risco e o calendário escolar é segundo plano nesse momento. Agora precisamos pensar na preservação da saúde de todos e, caso haja uma prorrogação da medida de isolamento, vamos lutar com todas as forças para repor o Ano Letivo com a máxima responsabilidade”, concluiu Mauricio.

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios