Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras recebe mais de 100 mil fraldas e outros insumos para Unidades de Saúde

Além de fraldas, outros insumos como soro e medicações injetáveis serão distribuídos

A Prefeitura de Rio das Ostras vem, constantemente, trabalhando para garantir melhorias na infraestrutura dos serviços oferecidos à população. Nesta semana, o Município recebeu cerca de 117 mil fraldas geriátricas e infantis, 22 mil unidades de soro e outros insumos, que serão distribuídos para Unidades de Saúde.

 

Todos os materiais são recebidos pela Coordenadoria de Administração da Secretaria Municipal de Saúde - COAD, que é responsável pelos contratos de serviços e fornecimento.

 

Segundo a coordenadora administrativa da Coad, Ariani Rodrigues da Silva, até a próxima semana, o Município vai receber mais insumos como medicamentos injetáveis e cerca de 30 colchões, que serão destinados ao Hospital Municipal e Pronto-Socorro.

 

“Toda distribuição é feita atendendo solicitações das Unidades Básicas de Saúde, Hospital, Pronto-Socorro e também pedidos para pacientes acamados, que não têm condições de comprar materiais como fraldas e bolsas de colostomia, por exemplo”, explicou.

 

Para a moradora de Rio das Ostras, Lidiane dos Santos Pinto, não há nada a reclamar do serviço. “Desde o ano passado, eu busco fraldas para uma pessoa da minha família que tem problema de saúde e consigo sem nenhum problema. O atendimento é muito bom e a equipe bem receptiva”, destacou Lidiane.

 

Ainda de acordo com a coordenadora administrativa, o Município já conseguiu mudar e conquistar várias coisas em relação à estrutura nas Unidades de Saúde, como o sistema de ar comprimido no Pronto-Socorro, lavanderia do Hospital e ainda tem a aquisição de mais oito ambulâncias, que está em processo licitatório, e um ônibus para fazer transporte de pacientes, que fazem tratamento em outros municípios.

 

“Há quase um ano que chegamos aqui, encontramos o almoxarifado praticamente sem insumos. Tivemos um aumento das demandas, mas agora estamos reorganizando tudo e trabalhando para atender o Município da melhor forma possível”, completou Ariani.  

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios