Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Agentes Comunitários de Saúde de Rio das Ostras passam por capacitação sobre sistema e-SUS Atenção Básica

 

Capacitação sobre e-SUS AB também foi realizada para equipe administrativa

O investimento em profissionais da Saúde continua crescente em Rio das Ostras. Há uma semana, a Administração Municipal promoveu mais uma capacitação, sendo desta vez para os Agentes Comunitários de Saúde, que receberam informações de suma importância sobre o Sistema e-SUS Atenção Básica.

 

Na última sexta-feira, dia 1, além dos agentes, uma equipe administrativa também passou pela capacitação, que foi realizada no auditório da Secretaria de Educação e ministrada por Monique Beck, integrante da equipe da TI - Tecnologia de Informação da Saúde.

 

Segundo a coordenadora da Estratégia de Saúde da Família - ESF de Rio das Ostras, Josiane Marques Perez, os Agentes Comunitários de Saúde foram os primeiros a serem capacitados porque são eles que realizam visitas domiciliares nas áreas onde existe Estratégia de Saúde da Família e fazem o cadastro da população. Hoje são 12 equipes implantadas na cidade. A perspectiva é aumentar para 26 equipes levando à uma cobertura de até 70% no Município.

 

Josiane explicou que a estratégia e-SUS Atenção Básica faz referência ao processo de informatização qualificada do Sistema Único de Saúde em busca de um SUS eletrônico.

 

“A equipe da TI tem instalado novos computadores nas unidades de saúde e estamos descentralizando as informações. Cada profissional é responsável pela digitação da sua produção, de acordo com o atendimento diário e, o Agente Comunitário de Saúde é o elo entre os outros profissionais da equipe e é ele que traz todas as informações importantes”, destacou.

 

A agente comunitária de Saúde, Vera Lúcia Cabral Soares, disse que já conhecia um pouco desse trabalho, pois na ESF Cláudio Ribeiro por um curto período, os agentes comunitários de saúde digitavam as próprias produções, bem como os cadastros domiciliar e individual. “A capacitação foi bastante proveitosa, sanamos dúvidas e também entendemos a importância da informação sobre a produção diária no que concerne ao nosso trabalho”, acrescentou.

 

Ainda de acordo com a coordenadora da ESF, o sistema e-SUS também traz uma ferramenta importante que é o de agendamento de consultas. A equipe administrativa também conheceu todas as fichas de atendimento que são utilizadas por todos os profissionais. “Nos próximos dias, vamos capacitar os enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde e, em seguida, os técnicos em enfermagem e os médicos”, concluiu Josiane Marques, lembrando que esse sistema é de uso nacional, desenvolvido pelo Ministério da Saúde e gratuito.

 

SISTEMA – De acordo com o Departamento da Atenção Básica do Ministério da Saúde, o e-SUS AB é uma estratégia do Departamento para reestruturar as informações da Atenção Básica em nível nacional. Esta ação está alinhada com uma proposta mais geral de reestruturação dos Sistemas de Informação em Saúde do Ministério da Saúde, entendendo que a qualificação da gestão da informação é fundamental para ampliar a qualidade no atendimento à população.

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email