Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras encerra Outubro Rosa com atividades na Praça

O mês foi marcado por ações educativas, caminhadas e incentivo aos cuidados para diagnóstico precoce do câncer de mama
A prevenção do câncer de mama é uma prioridade permanente na Rede Municipal de Saúde de Rio das Ostras. Mas este mês, o Município mais uma vez abraçou a campanha do Outubro Rosa, intensificando os cuidados para diagnóstico precoce da doença. Nesta quarta-feira, dia 31, equipes de Saúde estiveram na Praça José Pereira Câmara, no Centro, orientando a população quanto a hábitos saudáveis e prevenção de males.

 

 

Durante a programação de encerramento, a população participou, nesta quarta, de rodas de conversa sobre alimentação saudável, redução do uso de álcool e tabaco para prevenção do câncer de mama, auriculoterapia, além de atividades físicas e de integração.

 

 

OUTUBRO ROSA - O saldo da campanha foi muito positivo na Cidade. “Nossa campanha foi bastante abrangente. Conseguimos levar informações além das unidades de saúde. As equipes foram a empresas, igrejas e praças falar diretamente à população sobre a prevenção do câncer de mama”, conta a diretora do Departamento de Programas de Saúde, Michella Câmara.

 

 

A programação do Outubro Rosa em Rio das Ostras foi diversificada e incluiu a iluminação de prédios públicos. Nas unidades de saúde as equipes promoveram orientação à população, rastreamento de casos e encaminhamento a exames de mamografia, ultrassom e consultas.

 

 

Poder público e sociedade se uniram em atividades como caminhada, rodas de conversa e ações sociais. Na Igreja Matriz houve um dia dedicado à realização de exames clínicos, encaminhamento a exames de imagem, além de atividades físicas e orientações de saúde, com participação da Universidade Federal Fluminense e Lions Club e Rotary.

 

 

Maria da Glória Vieira, 64 anos, moradora do Jardim Miramar, participou das atividades da campanha. “Foi muito importante receber essas informações. Nas rodas de conversa a gente vê mulheres que estão há 5 anos sem fazer exame. Isso é preocupante! As pessoas precisam procurar os postos de saúde porque as equipes são atenciosas, preparadas e vão orientar corretamente”, disse a moradora.

 

A diretora do Departamento de Programas de Saúde reforça, no entanto, que a campanha termina, mas os cuidados devem continuar. “Vamos continuar atentos, mantendo as ações de prevenção e de diagnóstico precoce do câncer de mama”, conclui Michella.

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email