Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras inicia Vacinação contra Febre Aftosa

Campanha será realizada durante todo o mês de novembro

Nesta quinta-feira, dia 1 de novembro, Rio das Ostras inicia a Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa em bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade. Proprietários de gado podem fazer o agendamento para vacinação de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no Departamento de Agropecuária de Rio das Ostras – Deagro, em Cantagalo. A última campanha foi realizada em maio para todos os bovinos.

 

De acordo com o coordenador da campanha, Marcos Silva Leal Massena, os proprietários de gado precisam fazer o agendamento da vacinação no Deagro. As aplicações acontecerão somente em dois dias da semana, às terças e quintas-feiras , também no horário das 8h às 17h, com atendimento de técnicos e veterinários.

 

“Hoje Rio das Ostras possui uma população de aproximadamente 15.400 bovinos. Para o agendamento, o proprietário precisa ter o gado cadastrado em qualquer Núcleo de Defesa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro. Em nossa região o núcleo fica em Casimiro de Abreu, que tem o apoio do Deagro. A campanha de vacinação segue até dia 30 de novembro”, destacou o coordenador.

 

Segundo o diretor do Departamento de Agropecuária de Rio das Ostras, Ciro Marques, a campanha é uma exigência do Ministério da Agricultura e acontece nos meses de maio e novembro. A importância é manter a manutenção da sanidade do rebanho local.

 

“O município cumpre todas as exigências do Governo Federal e a campanha traz vários benefícios para a região, como suporte técnico e acompanhamento veterinário para a campanha, assim como o apoio ao produtor na prática da vacinação. Os pecuaristas que compram a quantidade necessária de vacina para seu rebanho”, completou.  

 

SEGURANÇA – A vacinação ocorre na própria propriedade. No entanto, a Prefeitura de Rio das Ostras oferece outro benefício que é o Centro de Apoio ao Produtor 3, conhecido como Curral de Ferro, em Cantagalo, que atende o público que não possui um curral com condições apropriadas para a vacinação.

 

Ainda de acordo com o diretor do Deagro, o Curral de Ferro oferece perfeitas condições de uso para vacinação e outras práticas como pesagem de lote, marcação, desembarque de gado e outras. “Essa unidade é de extrema importância, pois oferece mais segurança e um trabalho mais humanizado tanto para o animal como para seu proprietário”, finalizou Ciro Marques.

 

FEBRE AFTOSA – A febre aftosa é uma zoonose que afeta principalmente bovinos, suínos, ovinos e caprinos. Apesar de ser comum nesses grupos, existem alguns casos da doença em humanos. É uma doença provocada por vírus, que é liberado de diversas formas, como ar expirado, sangue, urina e outras, e também provoca graves prejuízos para os pecuaristas, uma vez que a doença afeta diretamente a venda de seu produto. Vale destacar que as pessoas que fazem o cuidado do animal podem ser uma fonte de contaminação por meio de roupas e mãos.

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email