Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras prossegue com campanha de prevenção ao câncer de mama

A Campanha Outubro Rosa em Rio das Ostras reúne uma série de atividades nas unidades básicas e de Estratégia de Saúde da Família com o objetivo de possibilitar o diagnóstico precoce do câncer de mama. 

A programação prossegue até a próxima quarta-feira, dia 31, quando haverá uma ação na Praça José Pereira Câmara, das 8h às 17h, com divulgação de informações sobre a doença, rodas de conversa para esclarecer dúvidas e orientação à população.

Na terça-feira, dia 23, no Posto de Saúde Cláudio Ribeiro, foi realizada uma ação conjunta entre as secretarias de Saúde e a Secretaria de Bem-Estar Social. Palestras informativas sobre prevenção, detecção precoce e rastreamento do câncer da mama, avaliação e encaminhamento para mamografia e teste rápido de sífilis integraram as atividades do local.

A Secretaria de Bem-Estar Social contribuiu com o evento por meio do Varal Solidário, de troca de roupas seminovas, agendamento para o recebimento do kit de antena digital e apresentação de canto das crianças atendidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Referência de Assistência Social – Cras Norte.

DIAGNÓSTICO – O exame indicado para diagnóstico do câncer de mama é a mamografia, confirmado por meio do exame de biópsia; ambos realizados na Rede Municipal. A biópsia é solicitada pelo mastologista, de acordo com cada caso. As mamografias são solicitadas por médicos ou enfermeiros dos postos de saúde e são agendadas pela Coordenadoria de Gestão, Avaliação e Auditoria (Coga), de segunda a sexta-feira, das 8h às17h.

De acordo com as orientações do Ministério da Saúde/Instituto Nacional de Câncer (Inca), mulheres a partir de 50 anos devem fazer a mamografia a cada dois anos com resultado não alterados. Quando a mulher apresenta fatores de riscos ou grau de parentesco próximo com câncer de mama, é indicada a realização da mamografia anualmente a partir dos 35 anos.

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email