Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras participa da campanha “Abril Verde”

Nesta sexta, dia 27, palestras no CRAS Sul, em Cidade Beira-Mar, abordaram a importância da prevenção de acidentes de trabalho
Ao longo de todo o mês de abril, Rio das Ostras participou da campanha “Abril Verde”. Nesta sexta-feira, dia 27, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Sul, localizado em Cidade Beira-Mar, promoveu uma manhã de palestras sobre segurança no trabalho para a comunidade. Participaram do evento o prefeito Carlos Augusto Balthazar e a secretária de Bem-Estar Social, Elizabeth Bousquet.

 

“Entendemos o desafio de atender bem a Assistência Social. Muitos escolhem Rio das Ostras para morar e, por isso, buscamos manter a boa educação e cuidados em toda cidade, em especial nas unidades de Ensino e Saúde. Temos este compromisso com a população", destacou o prefeito Carlos Augusto.

 

“As palestras da Secretaria de Bem-Estar Social reforçam a preocupação da Administração Pública com políticas públicas voltadas para reduzir os acidentes de trabalhos”, completou Elizabeth Bousquet.

 

Segundo o coordenador do CRAS Sul, Cras Sul, Carlos Otávio Correia Júnior, que ministrou a primeira palestra, o ambiente saudável e seguro reduz os riscos de acidentes, além de diminuir custos de afastamentos relacionados aos acidentes de trabalho.  “O CRAS está cumprindo seu papel de conscientização junto à população”, afirma.

 

Em seguida, o Técnico de Segurança do Trabalho Thyago Mattos apresentou a palestra “Conscientizar com inovação”. “O Brasil é o quarto país do mundo em acidentes de trabalho. Queremos mudar essa triste realidade por intermédio da conscientização dos trabalhadores”, explicou.

 

 

ABRIL VERDE - Brasil é o 4º país com o maior número de acidentes de trabalho. Desde o ano passado, o movimento Abril Verde passou a integrar o calendário anual de eventos com o propósito de discutir e conscientizar trabalhadores e empresários sobre o tema.

 

Números do primeiro trimestre deste ano demonstram que os gastos estimados com benefícios acidentários no país ultrapassam R$ 1 bilhão de reais. Nesse período, foram emitidas mais de 160 mil Comunicações de Acidentes de Trabalho, entre as quais estão notificados 625 óbitos.

 

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email