Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Repasse dos royalties em março é menor do que a parcela mensal da PPP cobrada pela Oderbrecht

O repasse de royalties para Rio das Ostras foi R$ 63 milhões inferior à previsão para o período

A Prefeitura de Rio das Ostras recebeu esta semana R$ 7,07 milhões de recursos dos royalties, um dos menores repasses da história do Município.

O valor, 57,5% inferior ao esperado para o período, não seria suficiente para o pagamento da parcela mensal da Parceria Pública Privada – PPP, no valor de cerca de R$ 8 milhões.  

A Lei Municipal nº 1890/2015 limitou a 15% dos royalties de petróleo o pagamento a Odebrecht. No último dia 16, o juiz da 1ª Vara Civil de Rio das Ostras, Rodrigo Leal, após pedido de reconsideração da Procuradoria do Município, revogou a liminar concedida à empresa, que agora deve obedecer os dispositivos da Lei 1890.

A previsão orçamentária da Administração Pública para o primeiro trimestre era de R$ 109 milhões. Contudo, apenas R$ 46 milhões foram repassados no período, uma perda orçamentária de cerca de R$ 63 milhões. O Município já registrava uma perda no repasse dos royalties em 2014, em relação ao ano anterior, da ordem de R$ 55 milhões. Diante da crise, a Prefeitura determinou o contingenciamento de 33% do orçamento.

 

FONTE:

Secretaria de Comunicação Social

Departamento de Jornalismo

Imprimir Email