Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Projeto de Rio das Ostras voltado para o idoso é aprovado em Mostra Nacional

 

Município foi o único representante da Baixa Litorânea entre os selecionados

Mais um momento de alegria para a área da Saúde em Rio das Ostras. O projeto “Saúde do Idoso: cuidados na quarentena” foi aprovado na 1ª Mostra Virtual “Brasil, aqui tem SUS – Enfrentamento à Covid-19”, realizada pelo Congresso Virtual do Conasems - RJ (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde), que teve início no dia 10 de julho. Ao todo, foram selecionados seis trabalhos e o projeto de Rio das Ostras foi o único da Baixada Litorânea aprovado.

 

Segundo a psicóloga e coordenadora do Programa Saúde do Idoso, Ana Lúcia Azeredo Couto, o trabalho surgiu de um esforço integrado para a criação de alternativas de cuidado em um cenário inédito, marcado pelo enfrentamento da pandemia do Covid-19. 

 

“Privilegiamos a abordagem interdisciplinar e desenvolvemos ações para atender demandas coletivas e individuais. Nosso trabalho se faz em articulação com diversos serviços municipais a fim de constituir uma rede de apoio aos nossos idosos. Esse foi o primeiro período de inscrição de experiências no Congresso e nosso projeto foi o único representante da Baixada Litorânea. Até o final da Mostra Virtual, torcemos para que outros trabalhos do Município se inscrevam e consigam participar”, destacou Ana Lúcia.

 

O projeto “Saúde do Idoso: cuidados na quarentena” contou com cinco autores: Andréa Fabíola Tinoco Carvalho, Ilza Carvalho, Maria Teresa Corsi, Ana Lúcia Couto e Michella Câmara.

 

PROJETO - A terapeuta ocupacional Andréa Fabíola Tinoco Carvalho explica que, inicialmente, a proposta de atendimento na modalidade remota e online pelo grupo de WhatsApp com os integrantes dos grupos de Saúde do Idoso foi um grande desafio, pois os profissionais não sabiam como seria a adesão e comunicação com o uso da tecnologia.

 

“Esse trabalho tem sido surpreendente, gerou na equipe um sentimento de criatividade, mais integração, crescimento pessoal, solitude e mais empatia entre todos. Com as propostas da Terapia Ocupacional pude construir com eles atividades que buscassem adaptação das rotinas, com práticas prazerosas e significativas, estímulos do autocuidado, ações com estímulos cognitivos, sensoriais e de coordenação motora com escrita e corporal, e muita adesão dos participantes. Estou muito feliz por fazer parte deste momento”, disse Andréa.  

 

Já para a fisioterapeuta Ilza Carvalho foi um projeto novo e desafiador, devido às circunstâncias em que foi criado, durante a pandemia da Covid-19. “Nós fisioterapeutas preparamos, semanalmente, um vídeo com práticas corporais e orientamos os idosos para se exercitarem em casa, evitando o sedentarismo e maiores danos à saúde”.

Michella Câmara, que é chefe do Departamento de Programas de Saúde de Rio das Ostras, disse que tem muito orgulho do potencial dos profissionais. “Só tenho a agradecer e parabenizar as equipes da Saúde do Idoso. Esse trabalho é resultado de muito esforço e dedicação de todos em proporcionar mais autoestima e bem-estar para nossos idosos nesse momento tão delicado de pandemia”, finalizou.      

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios