Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras faz compostagem com plantas podadas na manutenção dos jardins

Rio das Ostras se destaca pelos projetos paisagísticos da área urbana.

Tudo isso é garantido com aproveitamento de galhos de árvores e plantas podados durante a manutenção dos jardins públicos da Cidade. Esse material, levado para o Parque Municipal, unidade da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, passa pela máquina de trituração, iniciando o processo de compostagem. Meses depois, transformado em composto orgânico, é usado na produção de mudas e jardinagem.

 

“Nos períodos de chuva, a compostagem se completa em cerca de seis meses. Na estiagem, pode durar ainda mais. Antes de aplicar o composto orgânico, ele é misturado com terra e adubo. Uma grande vantagem da compostagem é que ajuda a manter a umidade da terra, evitando a erosão”, explica o engenheiro agrônomo Edemir Francisco de Oliveira, que trabalha no Parque Municipal.

 

A compostagem é um processo biológico de decomposição e reciclagem de matéria orgânica, que ganha um destino útil. Esse composto pode ser aplicado ao meio ambiente sem oferecer riscos. Entre os seus benefícios estão o estímulo do desenvolvimento das raízes, enriquecimento dos solos pobres, com melhoria de sua estrutura, diminuição da erosão e aumento da fertilidade e da capacidade das plantas de absorver nutrientes.

 

PARQUE MUNICIPAL - O Parque Municipal, importante unidade ambiental de Rio das Ostras, possui 318 mil metros quadrados de área. O local tem estufas para produção de mudas destinadas à manutenção de praças e arborização da cidade, trilha para caminhadas, academia de ginástica ao ar livre, parquinho e área para piquenique.

 

Aberto à visitação de terça-feira a domingo, das 9h às 16h, com entrada gratuita, o Parque Municipal fica Rodovia Amaral Peixoto, km 156, na altura de Mar do Norte. Telefone para informações: (22) 2764-8253.

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios